O deputado pastor Antônio dos Santos comemorou a retirada da ideologia de gênero e diversidade sexual do Plano Estadual de Educação, votado na tarde desta segunda-feira,31, no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe.

Após intensa discussão por conta da polêmica do tema, a emenda foi votada por maioria. O Plano Estadual de Educação traça diretrizes de ensino para os próximos dez anos. “Essa é uma vitória do Parlamento sergipano, da sociedade e de todos os cristãos que defendem a família. Implantar a ideologia de gênero e a diversidade sexual nas escolas, não contribui na educação das crianças, mas destrói a família, proporcionando estímulo a sexualização infantil”, falou.

O deputado explicou ainda que a implantação da ideologia de gênero era uma transferência dos direitos que os pais têm de orientar seus filhos, religiosa e moralmente, como prevê a Constituição e o pacto de São José da Costa Rica, do qual o Brasil é signatário, para professores. “ Os filhos devem ser educados a partir dos princípios dos pais. Havia o argumento de que se as crianças aprenderem cedo sobre a diversidade de gênero seriam mais tolerantes, o que não há fundamento. A ideologia de gênero representa uma distorção completa ao conceito de homem e mulher. Dos 13 Estados onde já foi aprovado, 8 eliminaram os trechos que faziam referências à discussão de gênero, como Pernambuco, Paraná, Espírito Santo e Distrito Federal.

Fonte: Ascom Parlamentar – Dep. Antônio dos Santos (Sandra Cruz)

Foto: César de Oliveira