Por Assessoria da Parlamentar

Como enfermeira, a deputada estadual Goretti Reis (PSD), é uma defensora das reinvindicações da categoria. A parlamentar encaminhou moção de apoio ao presidente do Senado Federal, Rodrigo Otavio Soares Pacheco e ao senador Fabiano Contarato, autor do Projeto de Lei (PL) 2564/2020, que regulamenta o piso salarial para enfermeiros e parteiras. Goretti comemora o engajamento da bancada de Sergipe para a inclusão, na pauta de votações e aprovação do PL. A união em favor da aprovação, fortalece uma luta de mais de 20 anos. Goretti é autora do PL 22/2019, em tramitação na Assembleia Legislativa, com o mesmo teor.   

“Importante a iniciativa do senador Fabiano Contarato. As manifestações para que o PL seja pautado, votado e aprovado fortalecem. A sociedade sabe a importância da enfermagem, especialmente, nesse momento crítico de pandemia. Com conhecimento de causa, apoio esses profissionais, os únicos a permanecerem 24 horas junto ao paciente. Defender a causa, é proporcionar qualidade de vida a eles que exercem atividade que exige muito, devido a sua exposição permanente a riscos biológicos, químicos, e forte carga emocional e física”, pontuou Goretti.   

A luta iniciou através do PL 2295/2000, do então senador Lúcio Alcântara do PSDB/CE, mas infelizmente não foi apreciado. A parlamentar que tem atuado em prol da categoria em Brasília e Sergipe, conforme ampla divulgação nas redes sociais e imprensa local, comemora esse momento. Até aqui foram inúmeras reuniões e eventos, a exemplo do Fórum Nacional 30 Horas, em Brasília, 2012; a mediação de palestra sobre as condições de trabalho da enfermagem X adoecimento, proferida pela enfermeira Dra. Vanda Elisa Andrés Felli, 2012; participação em sessões no Senado, 2014, entre outros. Em Sergipe, atos e reuniões com secretários de Estado da Saúde, 2019; com representantes do Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe (Coren-SE) 2019, Conselho Federal de Enfermagem, (Cofen), 2017, em Movimento Ativista da Enfermagem, do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Sergipe (SEESE), 2019. Sempre buscando a regulamentação da tão sonhada jornada de trabalho. Conquistada por diversas profissões da saúde, e uma realidade para a enfermagem em diversos estados