Novembro Azul: mês de conscientização sobre a saúde do homem

Publicada: 07/11/2022 às 14:55

Por Stephanie Macêdo/Agência Alese de Notícias

Com objetivo de alertar a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata, o mais frequente entre os homens brasileiros depois do câncer de pele, o Governo do Estado de Sergipe, através da Lei Ordinária nº 8.176/ 2016, de autoria da deputada Maria Mendonça, instituiu no Calendário Oficial do Estado de Sergipe, a campanha  ‘Novembro Azul’.

Dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde revelam que, de 2019 a 2021, foram mais de 47 mil óbitos em razão desse tipo de câncer. No ano passado, 16.055 homens morreram em consequência da doença, o que corresponde a cerca de 44 mortes por dia. Ainda, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), são esperados 65.840 novos casos de câncer de próstata em 2022.

Há seis anos, com a criação da Lei Estadual, o mês de novembro é dedicado às ações de conscientização da Saúde do Homem, “no qual devem ser realizados, em cooperação com a iniciativa privada e com entidades civis, palestras e debates de esclarecimentos, campanhas, reuniões, encontros, eventos, exames e outras ações educativas e preventivas ao combate de doenças”, destaca texto da lei.

São diretrizes do mês “Novembro Azul”, mediante lei:  entender a prevenção e combate às doenças como um conjunto de ações de promoção, prevenção, assistência e recuperação da saúde do homem, executado nos diferentes níveis de atenção;  priorizar a atenção básica, com foco na Estratégia de Saúde da Família, porta de entrada do sistema de saúde integral, hierarquizado e regionalizado e ainda,  reorganizar as ações de saúde, através de uma proposta inclusiva, na qual os homens considerem os serviços de saúde também como espaços masculinos e, por sua vez, os serviços de saúde reconheçam os homens como sujeitos que necessitem de cuidados.

O artigo artigo 4º da Lei destaca que no mês de novembro os prédios públicos podem ser iluminados da cor azul, como forma de alertar a população da necessidade de prevenção e combate às doenças no Homem.

Prevenção

 A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. Para diagnosticar antecipadamente a doença é recomendo que homens a partir de 50 anos, mesmo sem apresentar sintomas, procurem um urologista para avaliação individualizada. No Brasil, a cada dez homens diagnosticados com câncer de próstata, nove têm mais de 55 anos. Aqueles que integram o grupo de risco são orientados a começar os exames mais cedo, a partir dos 45 anos.

O câncer de próstata, na maioria dos casos, cresce de forma lenta e não chega a dar sinais durante a vida e nem a ameaçar a saúde do homem. Em outros casos, pode crescer rapidamente, se espalhar para outros órgãos e causar a morte.

Sinais e Sintomas

Na fase inicial, o câncer de próstata pode não apresentar sintomas e, quando apresenta, os mais comuns são dificuldade de urinar;
demora em começar e terminar de urinar; sangue na urina; diminuição do jato de urina; necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite.

Para confirmar a doença é preciso fazer uma biópsia. Nesse exame são retirados pedaços muito pequenos da próstata para serem analisados no laboratório. Na presença de sinais e sintomas, recomenda-se a realização de exames para investigar o câncer de próstata.

 

 

 

Foto: medicar

Arte feita pelo NPD Alese

Outras notícias para você