Por Aldaci de Souza

Várias mulheres tiveram o trabalho em prol da sociedade sergipana, reconhecido na tarde desta terça-feira, 14, no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe. Enfermeiras, professoras, secretárias de estado, atleta paralímpica, auxiliar administrativa, missionária, defensora dos animais, entre outras profissionais, receberam a medalha Quintina Diniz, nome da primeira deputada estadual eleita no estado. 

Goretti homenageou a assessora Terezinha

A deputada Goretti Reis (PSD) e presidente do Conselho da Medalha Quintina Diniz, lembrou que a homenagem sempre é feita em março (mês da mulher), mas em virtude da pandemia da covid-19, a data foi transferida. “Hoje a homenagem está sendo feita, com todos os cuidados fazendo valer o reconhecimento a essas mulheres que prestam um grande trabalho à sociedade e merecem receber a medalha que leva o nome da primeira mulher a se eleger deputada em Sergipe”, ressalta destacando a importância de mostrar a força que as mulheres têm.

A deputada Maria Mendonça (PSDB) e vice-presidente do Conselho da Medalha Quintina Diniz fez um discurso emocionado na tribuna lembrando o legado da professora, feminista e deputada Quintina Diniz.

Maria homenageia Isabel, da Casa Santa Dulce dos Pobres

“Uma experiência em educação, um compromisso com o saber e despertar de um sonho que logo cedo começou a se concretizar e com ele, novos sonhos, novas práticas, muitas realizações e uma determinação imensurável de lutar em prol dos seus ideais. Assim, nasceu uma mulher que trazia consigo um traço forte da sensibilidade e simplicidade, capazes de alçar voos com o objetivo de servir, cujo compromisso com o coletivo era socializar o saber, motivando e oportunizando o acesso ao conhecimento e à cultura”, observa ao falar da vida da ilustre sergipana de Laranjeiras, Quintina Diniz de Oliveira Ribeiro, tendo aos 18 anos iniciado a carreira no magistério, fundando em poucos anos o Colégio Santana, só para moças.

 

Marcela Nabuco homenageada por Zezinho Sobral

Para o deputado Zezinho Sobral (PODE), a tarde de homenagens no plenário da Alese foi muito emocionante. “Ter a oportunidade de estar homenageando essas mulheres fantásticas e extraordinárias que tanto contribuíram com a vida dos sergipanos, com acolhimento, atendimento daqueles que necessitam. Homenageá-las com a medalha Quintina Diniz é importantíssimo porque Quintina Diniz, além de laranjeirense, foi uma feminista, ativista reconhecida no Brasil, Fico muito feliz por esse momento especial aqui na Assembleia Legislativa de Sergipe, que homenageia essas mulheres fantásticas que dão de si para ajudar outras pessoas e são fonte de inspiração para todos nós”, afirma observando que indicou dois nomes para receber a medalha: a enfermeira Maria da Conceição Mendonça Costa e Marcela Nabuco Santos, coordenadora do Grupo de Apoio Flores de Aço.

Homenageadas

Deputada Gracinha Garcez recebendo a homenagem

A deputada Gracinha Garcez (PSD) recebeu a homenagem do Conselho da Medalha Quintina Diniz, assim como a vice-governadora Eliane Aquino, as secretárias de Saúde do Estado, Mércia Feitosa e do Município de Aracaju, Wanesca Barboza; a diretora do Hospital de Cirurgia, Márcia de Oliveira Guimarães, a delegada Daniela Garcia, a professoa Ubaldina Fonseca, Maria Antônia Oliveira, Josefa Soares dos Santos, a secretária de Estado da Inclusão, Assistência Social e do Trabalho, Lucivanda Nunes Rodrigues, Adriana Menezes de Souza, Maria da Conceição Mendonça Costa, Marcela Nabuco, a jornalista Ilma Fontes (in memorian), Joélia Silva Santos, Emanuele Carvalho Hora, a assessora parlamentar Terezinha Santos Lima, a assistente administrativa Cleir Santos de Oliveira. Maria Gilda dos Santos Domingues Antunes e Isabel Cristina de Lima Santos. 

Professora Ubaldina é homenageada por Iran Barbosa

De acordo com a professora Ubaldina Fonseca, a homenagem recebida reafirma o empoderamento da mulher. “As mulheres estão cada vez mais conquistando espaços. Eu só tenho a agradecer ao deputado Iran Barbosa por ter indicado meu nome, pessoa de quem eu tenho muita estima e à ex-deputada Ana Lúcia, que foi quem me encaminhou dentro do movimento sindical e político”, agradece.

A assistente administrativa Cleir Santos de Oliveira, agradeceu  pelo momento especial. “É um momento de gratidão por receber essa medalha e por sermos mulheres virtuosas e termos o nosso valor para a sociedade e para Deus. Quero fazer meu agradecimento ao deputado-presidente Luciano Bispo, o qual me convidou para estar aqui hoje, me concedendo essa medalha. Vim com o coração cheio de gratidão, perseverança e coragem. Que nós possamos continuar com o nosso legado e eu agradeço também à minha mãe”, enfatiza.

Cleir Santos agradeceu ao presidente Luciano Bispo

A secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitosa também agradeceu a homenagem. “O dia de hoje é muito representativo; um momento muito gratificante, uma honra ter o meu trabalho reconhecido e está cada dia mais claro que a mulher pode ocupar qualquer espaço, assumindo o compromisso com responsabilidade e dedicação. A pandemia nos mostrou isso: que podemos sim fazer um trabalho com um olhar do agregar, formando um time com sinergia”, entende.

Fotos: Jadilson Simões