Reconhecer quem trabalha e faz a diferença na defesa da mulher e no combate a violência doméstica e familiar no contexto da aplicação da lei Maria da Penha. Com esse objetivo a presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Mulher, deputada Goretti Reis (PMDB), homenageou, durante sessão especial na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), na manhã dessa quinta-feira (11), 15 mulheres que lutam diariamente para evitar que novos casos de violência voltem a acontecer. “Sem a contribuição dessas pessoas que não desistem em defender os direitos, principalmente, das mulheres vítimas de agressão física, não teríamos avançado na conscientização da sociedade”, justificou.

Para a parlamentar, é dever dos órgãos públicos dar garantia dos serviços com eficiência para que a mulher se sinta protegida. “As mulheres que receberam a medalha do mérito têm um papel fundamental no trabalho de enfrentamento da violência em nosso Estado. Sem a unificação das forças não tem como mudar o olhar da sociedade em relação aos casos registrados. Todas merecem ser reconhecidas”, afirmou Goretti Reis.

A coordenadora Estadual de Políticas para Mulheres Edvaneide Souza Paes Lima, uma das homenageadas, afirmou que comemorar os 10 anos da Lei Maria da Penha, denota a importância da lei que passou a encorajar as mulheres em denunciar a agressão, por saberem que hoje ela têm uma retaguarda que lhe dá proteção. Para ela, o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Mulher, foi uma iniciativa espetacular da deputada Goretti Reis. “Ter o legislativo como aliado é a certeza do enfretamento da violência contra a mulher com todos os poderes engajados. A luta é séria, é contínua e temos muito a avançar”, frisou.

Renata Aboim, delegada da mulher do Departamento de Apoio a Grupos Vulneráveis (DAGV), que também foi homenageada, afirmou que a Lei Maria da Penha deve ser comemorada por que é um divisor de águas. Segundo ela, antes da lei, a mulher não tinha nenhum instrumento legal de proteção, uma das causas de desistência da denúncia do agressor. “Nós conseguimos avançar no sentido de trazer as denúncias a delegacia da mulher, de tomar conhecimento do problema e a partir dele, trabalhar. O desafio de hoje é fazer com que as mulheres mantenham a denúncia. E sobre a Frente Parlamentar nós só temos a agradecer porque ajuda no fortalecimento da rede de atendimento a mulher, das políticas públicas voltadas a proteção da mulher”, ressaltou.

Outra homenageada, a presidente da Associação das Policiais Femininas do Estado de Sergipe, Svetlana Barbosa Silva, disse que o reconhecimento é muito importante para todas as mulheres que ela represento dentro da segurança pública do Estado e que é gratificante ter o reconhecimento dos parlamentares. “São os frutos que começamos a colher e contar com o apoio do legislativo, através da Frente Parlamentar é um amparo legal na luta”, observou fazendo uma afirmação: “Não há mais porque ter medo de denunciar, a lei é o instrumento poderoso para abrir as portas. É a certeza que as mulheres precisam ter para denunciar o abuso sofrido.10 anos da lei instituída é um marco histórico, precisamos engajar mais mulheres. Somos a maioria da população ainda pouco representada”.

A escolha das homenageadas foi definido pelos 14 deputados que compõem a Frente Parlamentar em Defesa da Mulher. Para a presidente Goretti Reis, o evento é mostra como a Assembleia Legislativa está engajada na contribuição para os avanços nas políticas públicas em defesa da mulher.

Frente Parlamentar em Defesa da Mulher

A Frente Parlamentar em Defesa da Mulher nasceu no âmbito da celebração do Dia Internacional a Mulher, 8 de Março de 2016, uma iniciativa da segunda secretária da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Sergipe a deputada Goretti Reis (PMDB),com o intuito de contribuir para a instituição da Rede de Atendimento Unificado em Sergipe, tendo como parceiros os poderes Executivo e Judiciário para conscientizar a sociedade civil e organizada sobre o grave problema que as mulheres enfrentam. É composta por 14 deputados estaduais, homens e mulheres, todos com o objetivo de fazer com que o Poder Legislativo de Sergipe contribua na formação da Rede de Atendimento Unificada.

 

Por Assessoria Parlamentar da dep. Goretti Reis