A deputada estadual Maria Mendonça (PP) manifestou pesar pela morte de dois homens na cidade de Itabaiana e do policial militar da reserva Adilson Bispo, assassinado na cidade de Areia Branca. Os crimes, segundo Maria, reforçam “a necessidade de incremento do policiamento no agreste sergipano que tem sofrido pela ação desenfreada de criminosos”.

A parlamentar lamentou o elevado número de homicídios registrados na cidade serrana que já contabiliza 84 assassinatos em 2017. “São vidas perdidas para a criminalidade, sete delas só neste mês de dezembro”, relatou Maria Mendonça, apelando pela sensibilidade do governador Jackson Barreto para que viabilize “o reforço das rondas policiais para inibir as práticas delituosas que têm ocorrido com frequência em espaços públicos à luz do dia”.

Na cidade vizinha, destacou Maria, o clima de insegurança é semelhante. “Um militar com 30 anos de serviços prestados à sociedade sergipana foi covardemente assassinado por marginais na porta de sua residência”, relatou a parlamentar, ao lembrar que a população de Areia Branca também está amedrontada com os constantes assaltos à mão armada, denunciados por ela diversas vezes ao longo do ano na Assembleia Legislativa. “Mas, o Governo permanece insensível ao clamor dos sergipanos por paz”, completou Mendonça.

 

Da Assessoria da Parlamentar