A deputada estadual Maria Mendonça (PP) destacou, na manhã desta quarta-feira (16), o positivo resultado da audiência pública conduzida pela promotora de Justiça Cláudia Calmon, da Comarca de Itabaiana, quando foi ratificada a necessidade de ampliar o repasse de recursos para o Hospital e Maternidade São José, de modo a garantir o  atendimento às demandas da comunidade itabaianense e circunvizinhança.

“A promotora Cláudia Calmon comandou, com maestria, a audiência da qual participamos, visando consensuar medidas para que o hospital e maternidade São José possa continuar prestando serviço de qualidade à população”, observou Maria, em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa de Sergipe, ao comemorar que a partir de abril, a unidade passará a contar com R$ 130 mil mensais para pagar as despesas. Do montante, R$ 100 mil são oriundos do Governo do Estado e R$ 30 mil, recursos do próprio município de Itabaiana, disponibilizados pelo prefeito Valmir de Francisquinho.

Discriminação –

A parlamentar aproveitou para lamentar que o Governo do Estado tenha suspendido, em outubro do ano passado, o repasse de R$ 44 mil que fazia para ajudar na manutenção da unidade de saúde. Ela contou que, somente, em 29 de fevereiro passado, após forte mobilização, reestabeleceu-se o retorno do valor, quando foram depositadas as somas relativas aos meses de novembro e dezembro, e mais, recentemente, os meses de dezembro e janeiro, restando ainda fevereiro e março.

“Além da suspensão, ocorrida anteriormente, lamento que o Governo do Estado só possa repassar R$ 100 mil, mesmo diante de tantas demandas e da relevante prestação de serviços do hospital e maternidade São José que acolhe a toda a região. No meu entender, há uma certa discriminação em relação a Itabaiana, considerando que outras unidades de saúde, com pendências bem menores, têm acesso a maior quantidade de verba”, falou Maria, lembrando que os R$ 100 mil só serão destinados a partir de abril.

Presenças –

Da audiência, participaram – além da promotora Cláudia Calmon e da deputada Maria Mendonça –o prefeito Valmir de Francisquinho, a secretária de Saúde, Andréa Reis Mendonça, representante da maternidade, diretores Carlos Noronha, João  Batista, além de vereadores e lideranças comunitárias.

 

Por Ascom Parlamentar Dep. Maria Mendonça