A Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) aprovou Moção de Apelo, proposta pela deputada estadual, Maria Mendonça (PP), solicitando ao Governo do Estado esforços no sentido de viabilizar a instalação de uma indústria de calcados no município de Ribeirópolis, no agreste sergipano. Executivos do grupo Paquetá, destacou a parlamentar, já manifestaram “interesse em concretizar o negócio, mas depende da liberação do galpão de uma antiga fábrica desativada há três anos que atualmente funciona como depósito”.

De acordo com Maria, a instalação da uma unidade do grupo “que é um dos maiores do setor no país” abrirá a possibilidade de “retomada do desenvolvimento no município que em 2014 perdeu uma de suas maiores fábricas, que gerava 500 empregos diretos, tendo como sua maior consequência, o aumento da criminalidade e do tráfico de drogas, considerando que se tratava do maior gerador de emprego na região”.

Em sua propositura, a deputada argumentou que nova indústria produz e exporta calçados femininos para os EUA e a Europa. Segundo Maria, com uma política eficiente de incentivos fiscais será possível ampliar a cadeia produtiva do Estado. “O segmento calçadista sergipano ainda depende muito de fornecedores externos, mas com o aumento da produção local, há possibilidade de que as empresas responsáveis pela matéria prima também manifestem interesse em se instalar em Sergipe”, argumentou a deputada.

Por, Assessoria Parlamentar