Por Assessoria Parlamentar

 

Ainda preocupada com a crise hídrica que atinge regiões do Alto Sertão e Agreste sergipano, a deputada Maria Mendonça (PSDB) protocolou uma Moção de Apelo, endereçada ao coordenador da bancada sergipana no Congresso Nacional, o deputado federal Bosco Costa (PL/SE). Na proposta, ela sugere que os parlamentares envidem esforços no sentido de alocar recursos destinados à duplicação da Adutora do Alto Sertão.

 

A parlamentar destacou o fato de que, em recente entrevista para a Xodó FM, de Nossa Senhora da Aparecida, diversos moradores e líderes de comunidades dessa região relataram o descaso que acontece constantemente no abastecimento de água. Para ela, essa falta inviabiliza não apenas o consumo humano.

 

“Além de enfrentar problemas relacionados à vazão e à distribuição da adutora do Alto Sertão, a comunidade sofre com rompimentos frequentes da adutora da Ilha do Ouro. “Quando essa ruptura ocorre, a manutenção dura em média de dois a quatro dias. Após isso, a previsão de retorno para o abastecimento completo dura quatro dias.  Ou seja, isso significa até oito dias sem água”, disse. 

 

Para Maria Mendonça, “embora o aporte financeiro para realizar essa duplicação seja considerável, é preciso levar em conta os benefícios advindo da sua concretização, que são imensuráveis e com efeitos a longo prazo”, declarou, acrescentando que “com isso, o nosso intento é fazer que com a vazão melhore para que, assim, possa regularizar a distribuição de água para comunidades que estão sofrendo com a escassez”.