Por Aldaci de Souza – Rede Alese

A deputada Maisa Mitidieri (PSD) voltou a defender um maior número da participação feminina na política, como um desafio da democracia brasileira. Para ela, o compromisso em aumentar o espaço de voz da mulher na política é uma bandeira dos partidos políticos ao longo dos anos.

“Em Sergipe temos a maior bancada feminina do nosso partido, com duas parlamentares, eu e a deputada Goretti Reis. Temos que entender que somos 52% da população e que devemos ser representadas por nós mesmas. O caminho é longo, mas acredito que seguiremos unidas em busca de uma igualdade”, entende.

Na Assembleia Legislativa de Sergipe, dos 24 parlamentares, seis são do sexo feminino: Maisa Mitidieri, Goretti Reis (ambas do PSD), Janier Mota (PL), Diná Almeida (PODE), Kitty Lima (CIDADANIA) e Maria Mendonça (PSDB).

De acordo com dados do Cadastro Eleitoral, são mais de 77 milhões de eleitoras em todo o Brasil, Desse número, apenas 9.204 (31,6%) mulheres concorreram a um cargo eletivo nas Eleições Gerais de 2018, sendo que 290 foram eleitas. Para a Câmara dos Deputados, em 2018, foram eleitas 77 parlamentares e nas assembleias legislativas, foram eleitas 161 representantes. No Senado Federal, sete mulheres foram eleitas.

Foto: Jadilson Simões