Por Stephanie Macêdo

Na tarde desta sexta-feira (05), o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) deputado Luciano Bispo (MDB) participou da  homenagem prestada pelo Hospital de Cirurgia (HC) aos profissionais de Saúde que atuaram na linha de frente no combate à Covid-19.  

Profissionais de Saúde do HC que atuaram na linha de frente no combate à Covid-19 recebem homenagem 

Com a homenagem feita aos profissionais, o Hospital de Cirurgia também entrega à população, a partir da data de hoje, a  ‘UTI Y’ Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), antes destinada ao tratamento de pacientes Covid-19. A unidade tem o total de 20 leitos e passará a atender pacientes pós-cirúrgico/clínico.

O presidente da Alese destacou a importância da homenagem aos profissionais e da abertura da UTI Y para atendimento cirúrgico. 

 

Luciano Bispo enaltece reutilização de UTI da Covid para atender demandas cirúrgicas

“A pandemia continua, mas está agora de uma maneira mais leve, e nós temos que aproveitar o que ficou de dividendos da pandemia em termos de estado físico dos hospitais. A Diretora  deste hospital, Márcia Guimarães, está de parabéns, com muita competência criou mais meios de poder atender ainda mais à população, e assim operar mais. Que o Estado veja isso com bons olhos, aumente o contrato com o Cirurgia, porque nós sabemos que quando o Cirurgia funciona bem ele folga o Hospital João Alves Filho. Então quero parabenizar a todos os que fazem o Hospital de Cirurgia, todos os que enfrentaram a pandemia, ao Dr. Luis Flávio, Diretor de UTI, que é um homem que fez muito na pandemia”, declarou Luciano Bispo.

Durante mais de um ano e meio de pandemia, o Cirurgia manteve seu papel de importância no Sistema Estadual de Saúde, disponibilizando no pico da segunda onda um total de 92 leitos para tratamento (50 de UTI e 42 clínicos). De abril de 2020 até setembro de 2021, a unidade hospitalar atendeu 1.840 pacientes acometidos pela Covid-19.

Segundo relata a interventora judicial do Hospital de Cirurgia, a enfermeira Márcia Guimarães, com a diminuição de pacientes de Covid, a UTI  segue aberta para garantir atendimento de cirurgias “Essa UTI já começa a receber, hoje à noite,  pacientes para atendimento cirúrgico, principalmente porque os pacientes esperaram bastante pelas cirurgias a gente vai precisar colocar então a equipe para fazer mais procedimentos”, comemora a manutenção dos leitos.

O deputado Zezinho Sobral (Cidadania) também participou da homenagem aos profissionais de Saúde  e salientou que Saúde é feita de gente e não só de equipamentos.  “O Hospital de Cirurgia foi o primeiro hospital a estabelecer protocolos de atendimento, a treinar equipes, a capacitar o pessoal para recepção da pandemia, porque era uma grande incógnita naquele momento, se preparou do ponto de vista físico, porque isso aqui estava em obras, e dois anos depois já salvou muitas vidas, socorreu muitas pessoas. Os profissionais que estão aqui são profissionais habilitadíssimos, porque já eram e porque adquiriram experiência muito importante para a vida deles e para ajudar o povo sergipano. O Cirurgia sai mais uma vez à frente, colocando os equipamentos que foram habilitados durante esse momento para servir à população sergipana”, aplaude o parlamentar.

Emocionada, a enfermeira Jaqueline Dias narra sua experiência na batalha contra a Covid

A enfermeira Jaqueline Dias e o fisioterapeuta residente, Gabriel Pereira, estiveram em atendimento aos pacientes com a Covid desde o paciente número um do HC, em abril de 2020. Visivelmente emocionados, os profissionais narram que estiveram enfrentando o oculto, “um cenário de guerra”. No total o cirurgia atendeu 1.250 pacientes, onde 75% deles foram devolvidos com vida para suas famílias.

“Lutamos por cada vida que esteve por aqui. Ao ver hoje essa UTI vazia, o sentimento é mesmo de gratidão, mas não foi fácil. Deus foi um dos principais a nos ajudar, e em seguida, os próprios colegas de trabalho. Mas a real força vinha dos olhinhos de cada paciente, era isso que nos fazia voltar aqui e nos fortalecia”, disse Jaqueline.

Ex-pacientes que venceram a Covid-19 e que estiveram internados na UTI Y também participaram da tarde de homenagens aos profissionais de Saúde no HC, foi o caso do padre Marcelo, da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e da gerente do Setor de Pessoal da Multiserv, Denise Barreto.

Inauguração de área no HUSE

Inaugurada área aberta no Hospital de Urgência de Sergipe em homenagem aos servidores do hospital

Após participar da homenagem ao profissionais do Hospital de Cirurgia, o presidente da Alese participou da inauguração de uma área aberta no Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), espaço  dedicado para o bem-estar de familiares e servidores. 

A área leva o nome de Antônio Geovânio de Matos, ex-servidor do HUSE que esteve atuando na linha de frente da Covid  e ao adquirir o vírus veio a óbito. O espaço também foi dedicado ao falecido médico Ivan Paixão, por ter vivenciado anos de sua carreira dentro da unidade hospital. 

 

A inauguração da área contou com a participação dos profissionais de Saúde do HUSE –  que na ocasião também foram homenageados por atuarem na linha de frente contra a Covid – amigos e familiares do homenageado.

Luciano Bispo parabeniza os profissionais de Saúde e diz que o HUSE é a salvação de Sergipe

O presidente da Alese  parabenizou o superintendente do HUSE, Dr. Walter Pinheiro, pela gestão humanitária. Salientou que compreende a dificuldade de se gerir um hospital público.

“É muito difícil cuidar do Hospital João Alves, porque é hospital porta aberta, as pessoas procuram muito por esta  unidade hospitalar e eles têm que estar sempre presentes. atendendo os mais carentes, e o HUSE é a salvação de Sergipe. Podem criticar, podem cobrar, mas ainda aqui é onde se salvam vidas e o Dr. Walter tem dedicado sua vida como médico e cidadão para  esse fim”, disse. 

 

O espaço conta com um painel de asas em memória do médico Ivan Paixão, e uma placa de mérito em homenagem a Geovânio Matos. Ex-servidores do HUSE.

Bispo falou da importância das  homenagens aos servidores que atuaram no HUSE. “Estou aqui feliz por estar participando de duas grandes homenagens a duas pessoas com quem convivi, e que queria muito bem, que é primeiro o Geovani, que é filho de um homem muito trabalhador, e que em Itabaiana mexia com caminhões. O outro é o Dr. Ivan Paixão, ex-deputado federal que depois atuou como médico no hospital”, salientou.

Segundo o superintende do HUSE, Walter Pinheiro,  a homenagem aos profissionais de saúde é justa. “É um reconhecimento por toda dedicação a essa instituição. Me sinto honrado em participar desse momento. Isso nos dá ânimo e força para vencer os desafios, momentos como esses nos traz energia necessária para a batalha do dia a dia.  A equipe toda esta de parabéns, é uma construção feita por muitas pessoas  e nós aqui como gestão somos facilitadores desse processo. Agradeço a todos os colaboradores por esse trabalho belo”, saudou.

O filho do homenageado, Junior Matos, agradece ao HUSE por homenagem

O filho do homenageado, o jornalista Junior Matos, agradeceu ao hospital pelo espaço inaugurado, e que leva o nome do seu pai. Emocionado, ele disse que a área eterniza a longa passagem do genitor como servidor da instituição.

“É um processo de dedicação e humanização, de tudo que ele ofertou para esse hospital, para os pacientes e profissionais. É eternizar os momentos, histórias e  saúde acima de tudo. Em nome dele e dos demais profissionais de saúde que falecerem pela Covid recebam essa homenagem se sintam abraçados por essa homenagem. É um momento de reflexão, mas acima de tudo de vitória com o momento da vacinação”, declarou.

 

Fotos: Joel Luiz e Stephanie Macêdo