Por Kelly Monique Oliveira

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), Luciano Bispo, junto ao vice-presidente da Casa, deputado Francisco Gualberto (PT), recebeu na manhã desta quinta-feira, 09, a visita da vice-governadora do Estado, Eliane Aquino, e da secretaria da Inclusão e Assistência Social (SEIAS), Lucivanda Nunes Rodrigues. No encontro, Eliane Aquino apresentou o Projeto de Lei ‘Sergipe pela Infância’, que tem a finalidade de promover o desenvolvimento infantil e gerar possibilidades para o crescimento integral da criança de forma intersetorial. O PL foi protocolado na Alese e poderá entrar na pauta de votação da próxima semana.

Para o presidente da Alese, Luciano Bispo, o projeto é extremamente importante por assegurar e garantir ajuda para as crianças mais carentes do Estado. “A vice-governadora, Eliane Aquino, junto com o governador Belivaldo Chagas, e a secretaria da SEIAS, Lucivanda Nunes, prevê uma ajuda de custo para as crianças com idades de um a três anos. Estamos recebendo agora, vamos analisar e colocar para votação na próxima quarta-feira, pois o projeto que tem que ser votado esse ano, para que possa ser executado no próximo. O PL é importante para as nossas crianças, principalmente nesse momento pós-pandemia”, ressaltou o parlamentar.

A vice-governadora, Eliane Aquino, explicou que o programa foi trabalhado durante este ano e se tornará uma Lei que atenderá crianças até os seis anos de idade. Ela ressaltou também que o programa visa estimular que os municípios sergipanos criem programas e projetos que atendam a esse público.

“É preciso cobrar das gestões públicas, é preciso que a sociedade se cobre e olhe para essas crianças. Tenho dito que estamos vivemos em um mundo que está muito difícil. Então, não queremos apenas diminuir a violência, queremos diminuir as desigualdades, a fome, mas a fase mais importante da vida deixamos de olhar que é a primeira infância. Portanto, é preciso dar alguns passos atrás na política pública para que a gente olhe e realmente estabeleça programas, projetos e política pública para a primeira infância”, ressaltou a vice-governadora.

Ela enfatizou que o papel da Alese é importante para o processo. “Se conseguimos que todos os deputados estaduais nos ajudem nas suas bases políticas com seus prefeitos e prefeitas, se cada um comprar essa ideia, realmente, aos poucos, conseguiremos mudar a cara da sociedade”.

Foto: Joel Luiz