Por Aldaci de Souza – Rede Alese

 Foi aprovada na sessão remota desta quarta-feira, 29 na Assembleia Legislativa de Sergipe, a Indicação nº 372/2020, solicitando ao secretário de Estado da Educação, Josué Modesto dos Passos Subrinho, a realização de cursos de escolarização e formação profissional.

Na propositura a deputada justifica que a vida de quem trabalha como condutor de veículos de tração animal (carroceiros), não é fácil e os cursos profissionalizantes facilitarão a inserção no mercado de trabalho regular.

“Conduzir carroças em meio ao trânsito das cidades, além de difícil é uma atividade perigosa e cansativa. Na maioria dos casos esse ofício é passado de geração para geração, não sendo incomum ver menores de idade já conduzindo esses veículos de tração animal”, ressalta.

A Indicação também destaca a situação dos animais, que carregam todo o peso e em alguns casos muito além da capacidade, sem poder beber água, se alimentar, além de circularem sob o sol forte e no asfalto quente.

“Muitos carroceiros procuram zelar por seus animais, mas a crueldade existe, seja para quem precisa passar por essa condição para garantir sua subsistência ou para o animal ao qual se impõe uma condição forçada de trabalho. Nesse sentido, a oferta de cursos profissionalizantes para os carroceiros tem o intuito de inseri-los ao mercado de trabalho regular. Eles precisam ser qualificados para trabalhar em outras profissões ou continuar trabalhando através de outras alternativas”, esclarece Kitty Lima.

Foto: jornaldacidade.net