Por Kelly Monique Oliveira – Rede Alese

A deputada estadual Kitty Lima (Cidadania) ocupou a tribuna da Casa Legislativa na manhã desta quarta-feira, dia 21, para denunciar mais um caso de violência obstétrica onde, desta vez, ocorreu no Hospital Regional José Franco Sobrinho, localizado no município de Nossa Senhora do Socorro.

De acordo com o vídeo apresentando durante sessão plenária, no Brasil, uma em cada quatro gestantes é vítima no parto ou pré-natal. E, 74% dos casos acontecem na rede pública; 17% na rede privada e 8% em ambas. As principais violências que as gestantes sofrem são: desrespeito, assédio moral, violência psicológica e física.

“Isso está sendo frequente em nosso estado! Não podemos calar com essa situação. A mulher foi humilhada em um momento que mais sonha que foi de ter seu filho nos braços. Tenho um projeto de combate à violência obstétrica. Consegui quando vereadora e espero conseguir para o estado”.

Foto: Jadilson Simões