Por Assessoria Parlamentar

A deputada estadual Kitty Lima (Cidadania) protocolou uma indicação e chamou a atenção para a necessidade de regulamentação da Lei nº 8.625/2019 que institui a Semana Estadual de Conscientização sobre a Fibromialgia em Sergipe. É de autoria da deputada o Projeto de Lei (PL) que se tornou lei, mas até o momento não foi regulamentado pelo Governo de Sergipe.
O PL apresentado por Kitty Lima foi sancionado pelo governador Belivaldo Chagas (PSD) em dezembro do último ano. Entre as atribuições previstas na lei, estão a realização de uma campanha semanal e a efetivação de um atendimento preferencial aos portadores de fibromialgia por parte das empresas públicas e concessionárias ligadas à saúde.
“A ideia desta lei surgiu antes do meu mandato como deputada, mas foi amadurecendo a partir da visita que recebemos de representantes da Associação Brasileira dos Fibromiálgicos [Abrafibro], que estabeleceu um diálogo muito bom conosco e nos prontificamos em dar celeridade à formulação do projeto. Ficamos muito contentes com a aprovação e posterior sanção, mas desde então temos acompanhado e fiscalizado e não encontramos nenhum indício da regulamentação da lei e muito menos da realização da semana de conscientização”, destacou Kitty.
A indicação da deputada foi aprovada pelos seus colegas parlamentares e agora segue para o gabinete do governador de Sergipe.
Fibromialgia
A fibromialgia é uma síndrome clínica que se manifesta, principalmente, através das fortes dores em todo o corpo. Cerca de 2% a 3% da população é afetada, acometendo mais mulheres que homens, conforme dados da Sociedade Brasileira de Reumatologia.
Tal síndrome passou a ser estudada nas últimas décadas, mas ainda é enorme o número de profissionais de saúde que desconhecem o diagnóstico para o tratamento adequado.