No início, a cidade era denominada Jaboatã, nome cuja origem está dividida em duas correntes de opinião. Uma delas afirma que Jaboatã se origina do Frei Jaboatão que fundou um convento e uma igreja em Riacho do Meio, para catequizar o cacique Pacatuba e sua tribo. Outra corrente defende uma versão que fala da catequese dos silvícolas, mas com os jesuítas fundando a Missão Riacho do Meio. Na região, acredita-se que existe um fabuloso tesouro enterrado pelos religiosos quando abandonaram a área durante a invasão holandesa ou quando da expulsão dos jesuítas.