Por Wênia Bandeira

A Campanha Janeiro Branco foi iniciada este mês para chamar a atenção da humanidade para as questões e necessidades relacionadas à saúde mental e emocional das pessoas. No primeiro mês do ano, as pessoas estão mais propensas a pensar em suas vidas, por isso a escolha do período.

Toda a sociedade é convidada para participar de palestras, cursos e acompanhar entrevistas na imprensa sobre o assunto. O tema da campanha nesta edição 2022 é ‘O Mundo pede saúde mental’ motivada pela pandemia causada pelo novo coronavírus.

Um relatório da Organização Mundial da Saúde de 2017 alertou para o fato de que o Brasil é o campeão mundial em casos de ansiedade e o primeiro em ocorrências de depressão da América Latina. Naquele ano, 322 milhões de pessoas em todo o mundo viviam com depressão, a maioria mulheres.

Durante a pandemia, segundo pesquisa do Instituto FSB, 62% das brasileiras e 43% dos brasileiros afirmaram que a saúde mental piorou. Em Sergipe, a lei Nº. 8.257/2017 institui no Calendário Oficial de Eventos Janeiro Branco, mês dedicado à realização de ações educativas para a difusão da importância da prevenção da saúde mental.

A lei determina que deve ser esclarecido à sociedade civil sobre a importância da saúde mental e emocional, como um estado de equilíbrio sem o qual não é possível viver satisfatoriamente em sociedade, além de promover palestras sobre a saúde mental e bem-estar, cuidados com a mente e cuidados com a vida.

Foto: Pixabay