Por Assessoria Parlamentar

Na manhã desta quinta-feira, 14, o deputado estadual Iran Barbosa (PT) participou, de forma virtual, de uma reunião promovida pelo Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB/SE). Na pauta, os impactos da chamada reestruturação do Banco do Brasil (BB), promovida pelo governo federal.

Em comunicado divulgado, o Banco do Brasil informou um conjunto de medidas que serão adotadas visando à diminuição da sua estrutura organizacional, com fechamento de pontos de atendimento e programas de demissão voluntária.

Durante a reunião, a direção do Sindicato alertou para as consequências que a medida acarretará, bem como ressaltou a importância de mobilizar a categoria, representantes do povo e toda a sociedade contra essa reestruturação.

A presidenta do SEEB/SE, Ivânia Pereira da Silva, apresentou dados que reforçam a importância e a solidez do Banco do Brasil. Segundo as informações, entre os anos de 2016 a 2019, o BB registrou crescimento, em termos nominais, de 122% no lucro líquido e a receita de tarifas aumentou 22%. Em contrapartida, de 2016 até o terceiro trimestre de 2020, houve uma redução de 16% no número de funcionários e o número de agências foi reduzido de 5.428 para 4.370.

Ao participar do encontro, Iran Barbosa advertiu que o que está em andamento é um plano de desmonte da estrutura de um indispensável banco público. “Nós precisamos defender o patrimônio do povo brasileiro. O mandato que represento estará apoiando essa luta e, portanto, estamos à disposição, como sempre, dos companheiros e companheiras da direção do Sindicato dos Bancários e de toda a categoria.

Todas as vezes que os governos privatistas e entreguistas tentam desmontar o Estado Nacional, dilapidando o nosso patrimônio, eles estão, na verdade, dificultando o acesso do nosso povo a políticas públicas e facilitando a apropriação privada do patrimônio público”, manifestou Iran Barbosa, reforçando que o mandato está à disposição para ajudar a fortalecer a luta contra o desmonte do Banco do Brasil na Assembleia Legislativa de Sergipe, bem como junto aos parlamentares
federais em busca da articulação de um movimento político nacional em defesa do banco.

Dia Nacional de Luta

Na próxima sexta-feira, 15, as entidades representativas dos funcionários do Banco do Brasil realizarão um dia nacional de luta para protestar contra o plano de reestruturação anunciado pela direção da empresa.

Sobre esse ato, o presidente da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, Hermelino Neto, que também participou da reunião, divulgou a sua realização, reforçando a necessidade de participação dos funcionários do BB e de toda a sociedade em geral.

Foto: Divulgação Ascom