Informações sobre perseguição política são debatidas na Alese

Publicada: 18/10/2022 às 14:04

Por Kelly Monique Oliveira/Agência de Notícias Alese

O deputado estadual João Marcelo (PT) ocupou a tribuna do pequeno expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) desta terça-feira, 18, para repudiar a atual administração do Pode Executivo que, segundo ele, tem ameaçado servidores e comissionados da gestão para votarem em seu candidato a Governo.

O parlamentar durante o pronunciamento destacou que “neste momento, quero manifestar meu repúdio, quero manifestar minha insatisfação com a forma de perseguição que tem sido nas secretarias do Estado de Sergipe com secretário batendo na mesa, pedindo e obrigando que aquele funcionário, aquele servidor vote no candidato do governador. Isso é um abuso eleitoral e nós viemos aqui nesse sentido manifestar a nossa insatisfação”, colocou o deputado.

Aparte

Deputado Adailton Martins (PSD)

O deputado estadual Adailton Martins (PSD) saiu em defesa do governador Belivaldo Chagas e afirmou que o colega parlamentar, João Marcelo, tem lido e assistido muita fakeNews.

“Arrogância não é do lado de cá, pois não houve e não está havendo perseguição a nenhum servidor. É tudo fake News. É tão provado que tem secretarias que existem pessoas de outro grupo que vota em outro candidato e eu conheço. Existe apenas convites para que participem, vez ou outra, de uma caminhada, mas sem exigência. Queria dizer ao deputado João Marcelo que ele está lendo muita fake News”, frisou Adailton Martins.

 

Foto: Jadilson Simões

Outras notícias para você