“Foi uma reunião muito proveitosa porque existe a promessa do pagamento das dívidas e o Hospital São José vai continuar aos servidores do IpeSaúde e pelo Sistema Único de Saúde (SUS) “, foi a afirmação da deputada Maria Mendonça (PP), durante discurso no grande expediente da sessão legislativa ocorrida que na manhã dessa quarta-feira (4).

Maria referiu-se a reunião realizada no Ministério Público Estadual realizada no último dia 30, conduzida pelo promotor Antonio Forte de Souza Júnior, da Promotoria Especializada dos Direitos à Saúde, com as presenças de outros parlamentares e representantes do Hospital São José, da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), e do IpeSaúde. “Avançamos, o que é muito importante porque o Hospital não vai fechar”, informou.
Segundo Maria, o IpeSaúde começou a cumprir o que ficou acordado na reunião e repassou ontem (3), R$ 300 mil para o Hospital São José e até o dia 12 do corrente, repassará mais R$ 1,5 milhão. “O hospital diz que o IpeSaúde deve R$ quase R$ 7 milhões, mas o IpeSaúde admite que só deve R$ 2,5 milhões, para acabar com o impasse o Ministério Público disponibilizou um técnico para o Hospital calcular qual a dívida real”, esclareceu.

Ainda de acordo com Maria, em relação a dívida com a administração municipal, o Ministério Público deu um prazo de 72 horas para que a SMS defina a data do repasse no valor de R$ 2 milhões. “Esperamos que haja sensibilidade dos governantes para honrar o acordo fechado e evitar que o Hospital São José que tem prestado bons serviços de saúde não encerre as atividades”, finalizou.
Por Glice Rosa – Agência Alese de Notícias