A deputada estadual Maria Mendonça (PP) conclamou a sociedade sergipana a se somar à luta em favor do planeta, neste sábado (19), quando acontece a ação global Hora do Planeta, promovido desde 2007 pela Organização não-Governamental WWF. A ação, que traz como lema a urgente necessidade de se fazer “brilhar uma luz sobre a ação climática”, consiste no gesto de apagar das luzes, entre as 20h30 e 21h30, de residências, casas comerciais, prédios públicos e monumentos, como forma de contribuir com a preservação do planeta.

“Todos os anos trago esse debate para a Assembleia, por entender que, nós seres humanos, estamos agredindo o planeta. Essa ação, que nasceu na Austrália, busca alertar sobre a importância de proteger o planeta dos impactos ambientais negativos e construir um futuro onde as pessoas possam evoluir e viver com tranquilidade”, justificou a deputada Maria.

Ela ressaltou a urgência em se combater as alterações climáticas, considerando as graves consequências do que tem ocorrido em várias partes do país. “Nós sabemos de quanto o povo brasileiro tem sofrido com essas alterações”, observou, citando situações enfrentadas por moradores de Teresópolis e Petrópolis (RJ), quando as chuvas devastaram e destruíram casas, mataram pessoas e deixaram rastro grande de arrasamento.

De igual modo, lembrou Maria Mendonça, moradores de São Paulo, bem como de cidades do Sul perderam tudo, em situações igualmente degradantes e vexatórias. “Isso mostra que as questões climáticas são preocupantes e nós precisamos fazer a nossa parte, além de conscientizar as pessoas dessa necessidade para que soframos menos esse impacto”, frisou.

Para ela, é extremamente salutar “que pensemos nesses fenômenos que estão ai e que são ocasionados por conta da agressão ao meio ambiente”. Ao mostrar que essa é uma situação mundial e que mais de 170 países estão engajados nessa luta, Maria citou o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama que, recentemente, declarou que “nós somos a primeira geração a sentir os impactos das mudanças climáticas e a última que pode fazer alguma coisa a respeito da situação”.

Maria revelou que compartilha do mesmo pensamento. “Entendo que se faz necessário que tenhamos atitudes que façam a diferença. Vamos todos apagar as luzes e ajudar a salvar o planeta”, conclamou, ao pedir que a mesa diretora da Assembleia Legislativa, adote as medidas necessárias para que, no horário estabelecido, o Parlamento possa, também, ficar às escuras.

Por Ana Mendonça, Ascom Parlamentar Dep. Maria Mendonça