Por Assessoria Parlamentar

Na manhã de hoje, 23, o diretor do Instituto de identificação, Jenilson Gomes, atendendo ao Requerimento N°708, de autoria da deputada estadual Goretti Reis (PSD), compareceu à Assembleia Legislativa, para falar sobre a emissão da nova Cédula de Identidade. Para Jenilson conforto e a dignidade ao cidadão são prioridades do Instituto, que diariamente, recebe cerca de 8 mil solicitações, mas a capacidade de atendimento é de 150.

O diretor Jenilson, agradeceu à Goretti Reis e aos parlamentares a oportunidade de estar na Casa Legislativa falando sobre as ações do Instituto e garantiu existir economia de tempo e de dinheiro por parte do cidadão que recorre aos serviços para a aquisição da Carteira de Identidade. “Sobre a segurança das informações, a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe firmou convêniocom a Polícia Federal que possibilita ao Instituto, acesso irrestrito há mais de 38 bases de inteligência. Com isso é possível identificar criminosos ou fraudadores com eficiência. Antigamente o Instituto conseguia cumprir 158 mandados de prisão. Hoje esse número aumentou significativamente. Com a migração dos dados, detectamos mais 10 mil inconsistências cadastrais por duplicidade e quase 10 mil pessoas comcarteiras sendo utilizadas por outras pessoas. A comunidade de Lagarto já trabalha com o novo formato, o que possibilita agilidade na análise das solicitações. O tempo de permanência no posto é menor e produção aumentou”, explicou Jenilson Gomes.

“Parabenizo o diretor Jenilson, que apesar das dificuldades, consegue viabilizar e atender as inúmeras solicitações da população. Parabéns também ao coordenador Geral de Perícias, Nestor Barros pela excelente condução da Corregedoria. Sempre tentamos viabilizar melhorias, por entender a importância de uma Carteira de Identidade. Feliz com a presença de vocês que mesmo com os desafios, principalmente no quesito de recursos humanos, viabilizam e resolvem as solicitações”, disse a parlamentar que lamentou Sergipe já ter sido vítima de quadrilhas que tentaram usar o Instituto para o crime. Destacou a importância do novo RG, por ser completo e contar, inclusive com informações de saúde do portador. Goretti se colocou à disposição, para, intermediar, junto ao Governo do Estado, às necessidades existentes para a continuidade desse trabalho com excelência.

Foto: Jadilson Simões