Presente a reunião extraordinária da Frente Parlamentar em Defesa das Mulheres, o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado estadual Garibalde Mendonça (PMDB), destacou a importância de abertura de novas frentes de batalha em favor da mulher. O deputado, que tem direcionado seu mandato com o objetivo de assegurar respeito aos direitos conquistados pelas mulheres, disse que se trata de um avanço a formação da frente. A reunião aconteceu na semana passada no gabinete da presidência, com parlamentares da Casa, representantes das mulheres sergipanas

“A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Mulher foi lançada com o objetivo de mobilizar todos os parlamentares na busca por projetos e ações que contribuam com a afirmação dos direitos civis, políticos e sociais das mulheres sergipanas”, comentou Garibalde, que esteve reunido com a presidente da Frente, deputada estadual Maria Mendonça (PP), e com a deputada Gorete Reis (PMDB). Garibalde Mendonça disse que o encontro serviu para fazer um balanço das ações e traçar os próximos passos que a Frente dará após o recesso parlamentar. Garibalde afirma que a Frente vem dialogado com os mais variados segmentos da sociedade sergipana com a finalidade de assegurar os direitos das mulheres como segurança, saúde, direitos sociais, familiares e culturais.

Lei Maria da Penha:
No próximo dia 7 de agosto deste ano, a Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006) completará 10 anos de existência. Segundo estatística divulgada pela da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (DEAMs), somente nos primeiros quatro meses deste ano foram registrados 382 boletins de ocorrências que geraram a abertura de 70 inquéritos policiais pela unidade especializada.
Já em todo o ano de 2015, segundo relatório foram 255 denúncias anônimas, 960 boletins de ocorrências e 202 inquéritos policiais abertos.