Escola do Legislativo inicia parceria com Escola de Contas para ampliação de cursos

Por Wênia Bandeira

A Diretora da Escola do Legislativo (Elese), Isabela Mazza, recebeu, nesta terça-feira (25), a visita de representantes da Escola de Contas, órgão do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Foi iniciado um planejamento para realização de cursos conjuntos entre as duas Casas.

A ideia surgiu após conversas com a direção do TCE. Os ensinamentos serão repassados inicialmente para servidores da Alese e, posteriormente, para o público em geral, incluindo servidores das câmaras municipais.

“Para que a gente consiga ampliar muito mais as nossas atividades, para que possamos colocar nossos projetos em prática mesmo. Vamos colocar no papel para iniciar o mais breve possível esses cursos, isso vai acontecer muito em breve porque também o Tribunal de Contas está interessado em se aproximar do cidadão”, falou Isabela Mazza.

Ela ainda salientou que o TCE não tem a função apenas de fiscalizar, mas também de ensinar as pessoas quanto aos pré-requisitos necessários aos documentos financeiros emitidos pelos órgãos públicos.

“A gente está precisando dos cursos dos técnicos do Tribunal aqui na Assembleia, para capacitar os nossos servidores e a população em geral e a ideia também é que vá levar esses cursos para os municípios, se aproximando também das câmaras municipais”, afirmou.

O supervisor da Escola de Contas, Marcel Tavares, disse que o auxílio seria no sentido tanto de mão de obra técnica e especializada, quanto na parte logística de espaço nas duas escolas. Serão diversos temas envolvidos.

“A demanda seria mais a parte pedagógica, o Tribunal de Contas tem uma ação fiscalizatória, é um órgão auxiliar do Poder Legislativo, mas que o fim específico não é a sanção do gestor, mas sim explicar o que o Tribunal de Contas cobra, o que ele vai fiscalizar no uso dos recursos públicos”, acrescentou.

A coordenadora da Escola de Contas, Karla Teixeira, falou que esta é uma forma de desenvolver projetos conjuntamente. “Os cursos têm o objetivo de capacitar gestores e servidores para que seja desenvolvido um trabalho em prol da sociedade de forma a proteger o patrimônio e os recursos públicos. Muitas vezes acontecem erros mais por falta de conhecimento, então a escola vem nesse papel de orientar”.

Foto: Wênia Bandeira

Outras notícias para você