Fazer com que os jovens se interessem pela política, é o objetivo do projeto “Parlamentar por um dia, formando líderes do amanhã, da Assembleia Legislativa de Sergipe, coordenado pela Escola do Legislativo. Um projeto destinado a alunos do Ensino Médio das escolas públicas e privadas de Sergipe, que começou na tarde dessa terça-feira (10), com a apresentação aos alunos do Colégio do Ensino Fundamental e Médio, Jessé Trindade, na cidade de Ilha das Flores, região do Baixo São Francisco, distante 135km de Aracaju.

Foto: Glice Rosa

Foto: Glice Rosa

A 10ª edição do projeto que será apresentado em 24 escolas sorteadas na 9ª Sessão Plenária, realizada em 2013, consiste em criar partidos, formar chapas e eleger os líderes que serão votados como o melhor representante da escola, durante eleição direta. “A Escola do Legislativo orienta, dá o suporte necessário e acompanha o processo. Os alunos vão estudar para entender o que é processo legislativo, a Constituição Federal, Estadual e a Lei Orgânica, o regimento interno de um Poder Legislativo e vão elaborar proposituras, apresentar projetos e indicações”, explicou o coordenador do projeto Humberto de Oliveira, acrescentando que ao fim das eleições, haverá a simulação da Sessão Plenária do Estudante no dia 22 de setembro de 2016 às 14h, no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe.

Fotos: Glice Rosa

Fotos: Glice Rosa

Para Humberto, a ideia é fazer com que os jovens se envolvam com as atividades do parlamento, se interessem pelo assunto e passem a acompanhar, além de terem a consciência da importância da política para uma nação. “Os jovens são a esperança e queremos despertar neles a curiosidade para que saibam, para que e por que, vereadores e deputados são eleitos os legítimos representantes do povo.

Foto: Glice Rosa

Foto: Glice Rosa

O diretor do Colégio Jessé Trindade, Neil Gonçalves Santos, disse que o projeto chega a comunidade escolar, principalmente do interior, para beneficiá-la, já que muitos são alheios a funcionalidade de uma eleição e qual para que um parlamentar é eleito. “Traz um auxílio, uma orientação para o desenvolvimento crítico do aluno que passa a se interessar pelo processo que os torna verdadeiros cidadãos”, ressaltou.

O estudante Dário Gabriel dos Santos, 17, se mostrou surpreso com o projeto e, na opinião dele, a política ainda é tratada com tabu, não há debates, nem todos querem se envolver. “Acredito que ao final do projeto e com o estudo sobre como funciona um parlamento, todos se envolvam e o interesse continue. É uma oportunidade que teremos de aprender e entender o assunto que está presente em tudo”, concluiu.

Premiação

No dia da Sessão Plenária do Estudante no dia 22 de setembro, três alunos deputados e um coordenador pedagógico, serão escolhidos, através de sorteio, para uma viagem a Brasília. “Eles conhecerão os poderes e pontos turísticos da capital federal”, informou Humberto de Oliveira.

Por Glice Rosa – Agência Alese de Notícias