Alertar do servidor da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), para o cuidado com a saúde é o objetivo da iniciativa da diretoria geral e departamento médico, que promoveram nessa quarta-feira (18). Em uma manhã diferente os funcionários foram recebidos por enfermeiras para aferir a pressão arterial e a taxa de glicemia. “Queremos chamar a atenção de todos para terem o conhecimento de como anda a saúde de cada um”, disse Vivian Rocha, diretora do departamento médico da Alese.

Segundo ela, se for detectado alguma alteração na pressão ou glicose, o servidor deverá controlar durante cinco dias seguidos para ter a certeza de que há algum problema. “A causa mais comum de aumento persistente da glicose no sangue é o diabetes. Outros fatores, tais como as infecções agudas graves e a ingestão de alguns medicamentos que podem provocar hiperglicemia temporária”, explicou.

Sobre a pressão alta, Vivian explicou que quando descontrolada pode atacar os vasos, coração, rins e cérebro. “O departamento médico da Alese está à disposição para atender o servidor que precisa de orientação médica nos  serviços prestados de ginecologia, clínico geral e tratamentos odontológicos”, frisou, informando que a ação que ocorreu hoje, volta a ser realizada no próximo semestre.

Por Glice Rosa – Agência Alese de Notícias