Dia de Combate à Dengue busca mobilizar população para prevenção

Publicada: 17/11/2022 às 11:43

Por Wênia Bandeira/Agência de Notícias Alese

Neste 19 de novembro é comemorado o Dia Estadual de Combate à Dengue. O penúltimo sábado do mês foi instituído pela Lei Nº. 8.856, de 25 de junho de 2021, com o objetivo de mobilizar iniciativas do Poder Público e a participação da população para a realização de ações destinadas ao combate ao vetor da doença.

A Lei, de autoria da deputada Goretti Reis (PSD), diz ainda que todas as normas, instruções e/ou orientações regulares que, se for o caso, forem necessárias à aplicação ou execução devem ser expedidas mediante atos do Poder Executivo.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, de janeiro a agosto deste ano, foram registrados 2.718 casos e oito mortes causadas pela dengue em Sergipe. Em todo o país, até meados de outubro, houve aumento de 184,6% no número de casos prováveis de dengue em comparação com o mesmo período de 2021, passando de 478,5 mil casos, no ano passado, para 1,3 milhão neste ano. Foram 909 óbitos confirmados em 2022.

Para evitar as ocorrências é preciso tomar alguns cuidados. Segundo o Ministério da Saúde, evitar água parada, esvaziar garrafas, não estocar pneus em áreas descobertas, não acumular água em lajes ou calhas, colocar areia nos vasos de planta e cobrir bem tonéis e caixas d’água são algumas iniciativas básicas para evitar a proliferação do vetor. Todo local de água parada deve ser eliminado, pois é lá que o mosquito transmissor coloca os seus ovos.

Os sintomas de dengue incluem febre de início abrupto acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele, manchas vermelhas pelo corpo, além de náuseas, vômitos e dores abdominais. A orientação do Ministério da Saúde é para que a população procure a unidade ou serviço de saúde mais próximo de sua residência assim que surgirem os primeiros sintomas.

Foto: Pixabay

Outras notícias para você