Por Aldaci de Souza

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Luciano Bispo (MDB),  e o líder do Governo, deputado Zezinho Sobral (PODE), participaram na manhã desta sexta-feira, 22, da solenidade de inauguração do Presídio Semiaberto de Areia Branca (PRESAB) e entrega de equipamentos de segurança. O investimento é da ordem de 45 milhões de reais, provenientes do Ministério da Justiça.

Luciano Bispo diz obra vai favorecer a população

Ao parabenizar o governador Belivaldo Chagas, o presidente da Alese, lembrou que o novo presídio vai trazer benefícios para toda a sociedade sergipana. “Com o semiaberto funcionando, nós vamos ter condições de dar mais segurança ao povo de Sergipe. Esse é um empreendimento que começou a ser erguido no governo de Jackson Barreto e continuou com o governador Belivaldo para favorecer a população. Também quero parabenizar o secretário de Justiça, Cristiano Barreto pelo trabalho que desenvolveu para que hoje esse presídio seja inaugurado”, ressalta.

Segundo Zezinho Sobral, o prédio que trata da ressocialização dos presos é uma etapa importante da Segurança Pública de Sergipe. “Não adianta só ter uma polícia ativa e ter a capacidade do sistema retirar da sociedade aqueles que cometeram infração, mas é importante ressocializar e devolver com qualidade. Esse presídio semiaberto tem o objetivo de construir uma devolução sadia para a sociedade para que ela esteja mais protegida.  É importante e vital para a segurança pública do estado de Sergipe”, entende.

Zezinho Sobral destacou a ressocialização

De acordo com o governador Belivaldo Chagas, a obra vinha sendo muito esperada porque mexe com a área da segurança do estado de Sergipe. “Aqui nós vamos ter um controle mais de perto de 632 apenados que vão estar aqui no sistema semiaberto. Costumamos dizer que eles estão hoje no sistema escancarado, sem um controle como devia e essa é uma cobrança da sociedade e do próprio Tribunal de Justiça. Com esse presídio, a gente reforça a segurança pública, tranquiliza a sociedade e exerce o papel do governo”, observa Belivaldo Chagas.

O secretário da Justiça, Cristiano Barreto informou que a obra é um compromisso do Governo do Estado desde o ano de 2017 com o Poder Judiciário e os representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SE), Ministério Público, Defensoria Pública e demais órgãos da Justiça.

Cristiano Barreto: “As obras começaram em 2017”

“Sem sombras de dúvida, um avanço da Segurança Pública e agora poderemos contar com uma unidade para abrigar presos do regime semiaberto, que não existia no estado de Sergipe há mais de 15 anos. É uma obra com o investimento de mais de 45 milhões de reais, com a inclusão de mobiliário e equipamentos de segurança. Agradeço aos deputados estaduais que se empenharam na aprovação da criação da vagas do concurso público realizado pelo Governo do Estado e ao governador Belivaldo Chagas por ter convocado 150 novos policiais penais, para poder funcionar a unidade prisional”, comemora.

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) destacou que paralelo à pandemia, existe uma vida que acontece e outras ações precisam ser iniciadas. “No caso aqui do presídio de Areia Branca, as obras foram retomadas e concluídas. Uma obra que se iniciou no governo de Jackson Barreto e está sendo concluída pelo governador Belivaldo Chagas que vai atender à sociedade sergipana; é muito necessária e importante”, ressalta.

O investimento foi de cerca de 45 milhões de reais

A solenidade também contou com o secretário do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Ubirajara Barreto, o ex-governador Jackson Barreto, o secretário de Segurança Pública, João Eloy, a secretária da saúde, Mércia Feitosa, a prefeita de Aracaju em exercício, Katarina Feitosa, o prefeito de Areia Branca, Alan de Agripino, o prefeito de Frei Paulo, Anderson de Zé das Canas, vereadores de Itabaiana, representantes da OAB/SE, da Defensoria Pública, do Governo Federal,  o empresário Luciano Barreto, policiais e servidores.

Fotos: Joel Luiz