Deputados estaduais aprovam Títulos de Cidadania Sergipana

Publicada: 14/12/2022 às 21:42

Por Júnior Matos/ Agência de Notícias Alese

Nesta quarta-feira (14) os deputados estaduais aprovaram na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese)  Projetos de Resolução em caráter de Título de Cidadania Sergipana. Ao todo, quatro pessoas serão homenageadas com a honraria que tem como objetivo  de prestigiar e agradecer às personalidades que contribuíram no desenvolvimento do Estado.

Os projetos de resolução n°  62/2022 e  n° 63/2022 são de autoria do deputado Rodrigo Valadares (União Brasil). Eles concedem o Título de cidadania sergipana ao ex-Ministro da Saúde Marcelo Queiroga e ao médico ginecologista e obstetra Raphael Câmara.

O ex- ministro Marcelo Antônio Cartaxo Queiroga Lopes, possui graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Paraíba.  Ele é especialista em cardiologia  com área de atuação em hemodinâmica e cardiologia intensivista. E, ocupa o cargo de ministro da Saúde desde o ano de 2021.

“O ministro Marcelo Queiroga  contribuiu para envio de recursos que fortaleceram a assistência de média complexidade em Sergipe.  Ao todo, R$ 15 milhões foram destinados ao hospital de Cirurgia. Além disso, ajudou na destinação das vacinas contra Covid-19 para o nosso estado”, destacou Rodrigo Valadares. 

O projeto foi aprovado por maioria e teve voto contrário do deputado Francisco Gualberto (PSD). 

Já Raphael Câmara Medeiros Parente, foi secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde, sendo graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2001) e fez residência medica em Ginecologia e Obstetrícia. No Conselho Federal de Medicina (CFM), ele coordena o Núcleo Executivo da Comissão de Humanidades Médicas.

Zezinho Sobral, deputado estadual (PDT) é autor do projeto n° 71/2022 que concede o título de Cidadania Sergipana ao professor adjunto da Universidade Federal de Sergipe (UFS), José Milton Barbosa.

Milton Barbosa é  Professor adjunto do Curso de Engenharia da Pesca da UFS. O profissional também atua como engenheiro Militar pelo Centro de Preparação de Oficiais da Reserva e Engenheiro Cartográfica pela Universidade Federal de Pernambuco e possui Doutorado em Zoologia.  Nos últimos anos, tem contribuído para o avanço do estado com estudos na elaboração do Zoneamento Ecológico-Econômico de Sergipe.

A empresária Luísa Trajano também teve homenagem aprovada na Alese por meio do projeto n° 72/2022  de autoria do deputado Adailton Martins (PSD).  Nascida em São Paulo, no dia 09 de outubro de 1948 ela começou a trabalhar no Magazine Luíza em 1960, formando-se em Direito, pela faculdade de Franca.  Atualmente, ela é presidente  da uma rede de lojas físicas e que também atua nas plataformas digitais.