Por Assessoria Parlamentar

O deputado estadual Iran Barbosa (PT) propôs ao governador Belivaldo Chagas e à secretária de Inclusão e Assistência Social, Lucivanda Nunes Rodrigues, a inclusão das comunidades remanescentes de quilombo no benefício assistencial intitulado Cartão Mais Inclusão –CMAIS. Nesta quarta-feira, 24, o parlamentar anunciou, durante a Sessão da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), que protocolou a Indicação nº 641/2021 com essa proposta ao governo do Estado.

Ao justificar a importância da inclusão, Iran pontuou que é extremamente necessário que o estado de Sergipe desenvolva uma política pública de assistência especificamente dirigida para essas comunidades que sofrem com a falta de atendimento aos seus direitos.

“A Pandemia do novo coronavírus não terminou e a seus efeitos econômicos estão sendo sentidos de forma muito intensa pela população sergipana. O governo do estado de Sergipe desenvolveu o benefício assistencial intitulado de Cartão Mais Inclusão, no entanto as comunidades remanescentes de quilombos não estão especificamente contempladas em quaisquer daquelas modalidades”, entende.

“Por isso, estou apresentando essa Indicação para que o governo realize um estudo de viabilidade e proceda com a inclusão das comunidades quilombolas, que têm enfrentado uma realidade muito difícil. Falta água, falta assistência, falta emprego, falta tudo!”, explicou Iran, solicitando aos seus pares a aprovação da Indicação e apelando ao governo do Estado para que possa implantar essa política de inclusão.

Foto: SEIAS