São quatro deputadas na Assembleia Legislativa de Sergipe, atuando por meio de ideias e projetos bem diferentes. Mas todas são iguais quando o assunto é a defesa dos direitos das mulheres. Na manhã desta quinta-feira, 8, o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Luciano Bispo (MDB), entregou flores às parlamentares pelo Dia Internacional da Mulher.

Deputadas Ana Lúcia e Goretti Reis

Deputadas Ana Lúcia e Goretti Reis

De acordo com a deputada Maria Mendonça (PDT),  a data hoje é apenas simbólica, pois as mulheres precisam lutar todos os dias por igualdade e respeito.

“Aí sim nós estamos indo na direção certa. Nós precisamos mudar essa cultura machista de que lugar da mulher é em casa, é cuidando dos filhos. Mulher nas suas funções, demonstram do quanto são compromissadas, sensíveis e quando abraçam a causa, dão o melhor de si. Não podemos aceitar que a mulher é sexo frágil, que a mulher deve estar atrás dos homens, mas ladeada construindo uma sociedade mais desigual, uma sociedade que de fato possa representar no contexto a igualdade de gênero. Somos todos capazes e vamos continuar nessa luta com respeito e igualdade”, ressalta.

A deputada Ana Lúcia (PT), destacou a participação em uma ocupação na antiga Casa da Cultura.

“São mulheres dos trabalhadores Sem-teto que ocuparam aquela casa e vão passar o dia de hoje com algumas pautas: a da creche para os seus filhos, a pauta para que a delegacia de grupos vulneráveis tenha plantão final semana que é quando acontece o maior número de casos de violência e de feminicídio  e a outra  é o pedido de uma nova causa de proteção às mulheres vítima de violência. Hoje é um dia de muita luta, de encaminhamentos importantes como as mulheres lutadoras estão  fazendo, a exemplo de uma marcha na manhã de hoje, saindo do DIA em direção ao Palácio do Governo com uma pauta bonita, construída coletivamente por vários movimentos, onde deixaram as divergências e  buscaram a convergência para fortalecer a luta e a causa feminina”, destaca.
Deputada Ana Lúcia

Deputada Ana Lúcia

Segundo a deputada Sílvia Fontes (PDT), hoje é um dia especial para as mulheres. “Um dia de enfatizarmos conquistas, mas também de lembrarmos que ainda precisamos continuar na luta pela igualdade de direitos. Hoje é um dia de receber flores, cumprimentos acalorados, mas também é momento de lembrarmos os casos de violência, abuso e feminicídio. A luta continua, queridas! Sejamos fortes.  Avante!”, enfatiza.

A deputada Goretti Reis (MDB), também defendeu os direitos das mulheres. “Hoje é um marco para a história da Alese, quando da implementação da Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe, criada dia 22 de fevereiro com a finalidade de promover mais efetiva a participação e a defesa dos direitos das mulheres. Com a Procuradoria teremos uma participação mais efetiva das deputadas nos órgãos e nas atividades da Assembleia Legislativa, além de receber, examinar e encaminhar aos órgãos competentes denúncias de violência e discriminação contra a mulher. Tenho realizado ações que dão voz a mulher sergipana, principalmente a que sofre com a violência”, afirma Goretti reis, que foi designada pelo presidente da Alese, deputado Luciano Bispo (MDB), como presidente da Procuradoria Especial da Mulher.

Por Agência Alese – #RedeAlese
Fotos: Jadilson Simões.