Por Stephanie Macêdo

Que a Secretaria de Estado da Saúde (SES) viabilize a renovação de Convênio com o Centro Oftalmológico (IOSE ), objetivando a regularização da oferta do colírio necessário ao tratamento de glaucoma aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Essa foi a reivindicação da deputada Maria Mendonça ((PSDB) durante Sessão Ordinária de Votação, promovida na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). A Indicação de nº 579/2021 foi aprovada por unanimidade de votos.

Segundo o texto apresentado, alguns pacientes de Neópolis, não estão obtendo o referido colírio, pois há aproximadamente três meses, o convênio firmado entre a SES e o IOSE, que possibilitava a oferta do colírio aos pacientes assistidos, expirou e os pacientes estão impossibilitados de dar continuidade ao tratamento, pois não têm condições de custeá-lo.

Na proposição a deputada narra os problemas enfrentados pelo paciente com glaucoma, considerado a maior causa de cegueira irreversível no mundo, vindo atrás somente da catarata. “Apesar de não ter cura, ela pode ser controlada mediante o tratamento adequado e de maneira contínua, porém, infelizmente, quando não tratado, o glaucoma pode levar a perda irreversível da visão”, explicou a deputada, salientando ainda que a interrupção do  tratamento poderá acarretar danos irreparáveis, tal qual a cegueira.

A propositura foi encaminhada ao Governo do Estado e para a secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitoza.

 

 

Foto: Jadilson Simões