Por Stephanie Macêdo

As comemorações pelo Centenário de Paulo Freire na Assembleia Legislativa de Sergipe terão início nesta quinta, 02, com a conferência ‘A Atualidade do Pensamento de Paulo Freire no século XXI’, com o Prof. Dr. o jornalista Cristian Góes, da Universidade Federal de Sergipe.

De acordo com Cristian Góes, na fala será apresentada uma história sobre a vida de Paulo Freire e as influências dos seus métodos pelo mundo. O jornalista destacou a importância da realização do Centenário por parte do parlamento. “Ao aprovar o Projeto de Lei do deputado Iran Barbosa, a Assembleia Legislativa mostra que o Legislativo Estadual está sintonizado com mundo.  O centenário de Paulo Freire está sendo lembrado, desde o início do ano, em todo mundo. E a questão não é apenas a efeméride em si, mas o conteúdo que ela produz, gera, fomenta. Lembrar de Paulo Freire é um ato amoroso que implica em transformação da realidade perversa que vivemos”, declarou.

A iniciativa da comemoração do Centenário Paulo Freire se origina da Lei Estadual de nº 8.779/2020, de autoria do deputado Iran Barbosa (PT), que institui 2021 como o ‘Ano Cultural Educador Paulo Freire’. O parlamentar destaca que o pedagogo Paulo Freire é um dos mais respeitados pensadores brasileiros de todos os tempos e a sua obra continua a inspirar educadores em todo o mundo.

“A importância da celebração do Centenário de Paulo Freire está relacionada, evidentemente, com fatos de destaque na História da Educação de nosso país. Paulo Freire é o Patrono da Educação Nacional, é o Patrono da Educação Sergipana. Paulo Freire é referência internacional em termos de políticas voltadas para o processo de alfabetização, de projetos de educação bem sucedidos que envolvem um processo de inclusão das pessoas que estão excluídas do processo educacional. Paulo Freire foi um grande defensor da educação com instrumento de libertação do povo. Por isso é fundamental que nós comemoremos o seu centenário de nascimento”, disse o parlamentar.

Para a presidente da Comissão 100 anos de Paulo Freire, a jornalista Rosângela Dória, ter um evento desse porte sendo comemorado pela Assembleia Legislativa de Sergipe é sem dúvidas uma oportunidade de mostrar à sociedade uma parte importante da história de Paulo Freire. “Teremos figuras renomadas, professores que se dedicam à pesquisa nas áreas de Educação e Comunicação, debatendo, discutindo e ajudando a entender os ensinamentos e pensamentos de Paulo Freire”, falou a jornalista. 

PROGRAMAÇÃO

Solenidade de Abertura
No dia 02 de setembro, às 11h, no plenário da Alese, será realizada a conferência: ‘Atualidade do Pensamento de Paulo Freire no século XXI’, com o jornalista Prof. Dr. Cristian Góes, da Universidade Federal de Sergipe.

Mesas Redondas 
Como parte da programação, serão realizadas quatro mesas redondas:
A primeira mesa de discussão irá ocorrer no dia 9, às 18h, e terá como temática: ‘Por que Paulo Freire Incomoda’. O evento terá como debatedores, o Prof. Dr. Bernard Charlot (UFS), a Prof. Dra. Sônia Meire (UFS) e a Prof. Dra. Marizete Lucini (UFS).

A segunda mesa irá ocorrer no dia 16, às 18h, e terá como temática: ‘As Contribuições da Pedagogia do Oprimido’. O evento terá como debatedores o Prof. Dr. José Paulino da Silva (UFS) , A Prof. Dra. Veleida Charlot ( UFS) e o Prof. Dr. Paulo Sérgio Marchelli (UFS).

A terceira mesa será realizada no dia 23, às 18h e terá como tema de discussão: ‘A Pedagogia de Paulo Freire e o Debate Contemporâneo Sobre Currículo. As debatedoras serão a Prof. Dra. Silvana Bretas ( UFS), Prof. Dra Marilene ( UFS) Batista e Prof. Dra Joelma Vilar (UFS).

A quarta e última mesa da rodada ocorrerá no dia 30, às 18h. O tema será a ‘Educação, Comunicação e Práticas’. O Prof. Dr. Ronaldo Linhares, da Universidade Tiradentes (UNIT) e a professora Sandra Beiju, (UFS) serão os debatedores.

Documentário
A  TV Alese (canal 5.2) irá exibir a Série Documental  ‘Paulo Freire, um Homem do Mundo’. A série é produzida pela TV Sesc São Paulo e conta com direção do cineasta brasileiro Cristiano Burlan.
Os cinco episódios da série rememoram a vida e a obra de Paulo Neves Freire (1921-1997). Cada episódio apresenta depoimentos de familiares, colegas de profissão e amigos do educador.

São eles: A Formação do Pensamento de Paulo Freire’‘As 40 horas de Angicos’‘O Exílio’‘Do Pátio do Colégio à Pedagogia do Oprimido’‘O mundo não é. Está sendo’.

Toda a programação do Centenário de Paulo Freire será transmitida, ao vivo, pelas Redes Sociais da Alese e pela TV Alese, no 5.2 e no canal do youtube.

Foto: Divulgação