CNH Social é tema de pronunciamento no plenário da Alese

Publicada: 31/08/2022 às 14:43

Por Shis Vitória/Agência de Notícias Alese

O Programa Social de Formação de Condutores de Veículos Automotores (CNH SOCIAL) foi o assunto de destaque do pronunciamento realizado pelo deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) na manhã desta quarta-feira, 31 de agosto.

“Trago dois assuntos e cobranças. O primeiro é com relação à CNH Social, projeto este que foi aprovado por esta Casa permitindo que a administração estadual pudesse conceder o pagamento para que determinado número de pessoas tivessem acesso a sua carteira de habilitação e, como todos sabem é algo muito caro e dispendioso principalmente, para aqueles que não têm condições de financiar o direito de dirigir com sua CNH. Depois da aprovação, foi feita uma seleção e o Detran gerenciou o processo porém, a informação que temos é que este serviço está travado porque o Detran não consegue chegar a um denominador comum com os peritos com relação as avaliações e as pessoas já estão começando a questionar os problemas e a seriedade do programa por conta dessa paralisação que se estende por muitos meses. Fica aqui o nosso apelo com o intuito de que seja resolvido o quanto antes”, explicou.

Antes de encerrar, o parlamentar citou as novas publicações do Diário Oficial por parte do Poder Executivo. “Gostaria de trazer uma notícia que tomei conhecimento pelo Diário Oficial do Estado hoje sobre ordem de serviço. Foi publicado o resultado da licitação no qual, a Sedurbs e o gestor responsável homologou o resultado em cerca de 31 milhões, montante este voltado para a contratação de uma empresa com o intuito de que seja feita a pavimentação asfáltica em diversos municípios sergipanos todavia, já vimos esse filme antes. Fica aqui o alerta aos órgãos fiscalizadores e competentes neste sentido”, argumentou Georgeo Passos.  

Esclarecimento

Na oportunidade, o deputado Jeferson Andrade (PSD) esclareceu a respeito da CNH Social. “Conversei com a gestora responsável do Detran e informou que os psicólogos já começaram a atender e as tratativas com os médicos (peritos) estão avançando e em breve teremos um desfecho melhor sobre este tema”, finalizou. 

As declarações foram citadas na Sessão Plenária da Assembleia Legislativa de Sergipe de hoje.

Foto: Divulgação

Outras notícias para você