Calendário Cultural: 20 de agosto é o Dia do Maçom

Publicada: 19/08/2022 às 17:55

19/08/2022

Por Stephanie Macêdo – Agência de Notícias Alese

Sábado, dia 20 de agosto, será celebrado o ‘Dia do Maçom’. A Lei Estadual de nº 8.259/2017, deu origem a data, que passou a constar no Calendário Cultural de Sergipe. A Lei busca homenagear a todos os homens de destaque no histórico da Maçonaria Brasileira. 

Mediante o artigo 2º  da Lei Estadual, a  Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe deve realizar, anualmente, no mês de agosto, uma sessão especial, para comemoração do Dia do Maçom, solidarizando-se com os maçons de destaque do Estado de Sergipe. 

Origem

De acordo com a história maçônica, no dia 20 de Agosto de 1822 aconteceu uma sessão histórica entre as Lojas de Maçonaria “Comércio e Artes” e “União e Tranquilidade”, na cidade do Rio de Janeiro. Na ocasião, Gonçalves Ledo, considerado o integrante de maior destaque na maçonaria brasileira, teria feito um discurso emocionante e inspirador, pedindo a Independência do Brasil ainda naquele ano.

Gonçalves Ledo, que era também um jornalista e político liberal, tinha influência na sociedade da época. A sua ideia foi aprovada por todos os irmãos naquela reunião e registrada na ata do Calendário Maçônico no vigésimo dia, do sexto mês do ano da Verdadeira Luz de 5.822.

Esta data, convertida para o calendário gregoriano (o que é usado na maioria dos países ocidentais), seria equivalente ao dia 20 de Agosto de 1822.

Teria sido por impulso da Sociedade Maçônica, que o Príncipe Regente Dom Pedro I, teria proclamado a Independência do Brasil no dia 7 de Setembro de 1822 (menos de um mês depois da grande reunião no Rio de Janeiro).

A data oficial foi registrada no artigo 179 da Constituição do Grande Oriente do Brasil, tornando o dia 20 de Agosto o Dia do Maçom Brasileiro.

O símbolo da maçonaria é representado por um esquadro, um compasso e a letra “G”, que remete à “God” (Deus).

 

Com informações do Calendarr

Foto: Radiofraiburgo

Outras notícias para você