Brasil comemora 133 anos da Proclamação da República

Publicada: 15/11/2022 às 9:09

Por Stephanie Macêdo/Agência de Notícias Alese(*)

Em 1889, o império brasileiro entra em conflito com a igreja, fazendeiros e militares, que querem a descentralização do poder. É quando um levante militar depõe o imperador Dom Pedro II e institui a República como a nova forma de governo do Brasil. No dia 15 novembro de 1889, há exatos 133 anos, aconteceu a Proclamação da República do Brasil, ato que resultou na derrubada da Monarquia e na instauração da República no Brasil. 

A conspiração contra a monarquia contou com a adesão do marechal Deodoro da Fonseca,  responsável por liderar a derrubada do gabinete ministerial. No decorrer do dia 15, as movimentações políticas fizeram José do Patrocínio proclamar a república na Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Com isso, marechal Deodoro da Fonseca acabou tornando-se o primeiro presidente do Brasil. 

A proclamação foi fruto da crise do império e sua incapacidade de atender as novas demandas que foram surgindo na sociedade brasileira. Essas insatisfações convergiram-se para o movimento republicano, que, um tanto na base do planejamento e um tanto na base do improviso, realizou um golpe que colocou fim na monarquia no Brasil.

Considera-se que essa crise da monarquia no Brasil iniciou-se na década de 1870,logo após a Guerra do Paraguai. O Brasil venceu a guerra, mas a monarquia saiu enfraquecida e os novos rearranjos políticos que estavam em formação no Brasil, desde a década de 1860, começaram a ganhar espaço no debate político.

Os dois principais grupos insatisfeitos e que diretamente influenciaram no fim da monarquia foram certos grupos políticos, que reivindicavam a modernização do país e novas agendas para política brasileira, e os militares. Ambos orbitavam ao redor do republicanismo, forma de governo que passou a ser enxergada como moderna e como solução para o país.

Outras demandas

Outras grandes demandas da época eram o estabelecimento do laicismo no Brasil, isto é, a transformação do Brasil em um Estado laico, e a questão do abolicionismo, uma das pautas que moveram a sociedade brasileira na década de 1880. A grande maioria dos abolicionistas era adepta dos ideais republicanos, e a mobilização em defesa do movimento inclinou-se para a implantação da República.

Consequências

A Proclamação da República foi um acontecimento marcante na história de nosso país e trouxe mudanças significativas. Entre elas, podemos mencionar:

  • Implantação da república
  • Implantação do federalismo
  • Estabelecimento do sufrágio universal masculino e fim do voto censitário
  • Implantação do Estado laico
  • Estabelecimento do presidencialismo

A década de 1890 ficou marcada como uma década de conflitos, frutos da disputa entre monarquistas e republicanos e das disputas entre os diferentes interesses políticos que lutavam pelo poder na recém-instalada república.

 

 

(*)Com informações do historiadomundo.com

Imagem ilustrativa: TV Brasil

Outras notícias para você