Por Rosângela Dória- Rede Alese

O Banco do Estado de Sergipe está adotando uma série de medidas para evitar a concentração de pessoas nas agências bancárias em todo o estado. Uma delas é a mudança no atendimento presencial que passa a ser realizado apenas em casos de extrema necessidade.

Veja quais são os casos:

· Abertura de conta salário; · Alteração de senha do cartão magnético (4 dígitos); · Atualização de cadastro operacional – PF e PJ; · Cadastramento de telefone para recebimento do SMS; · Cadastro de usuário e senha – internet banking pessoa jurídica (IBPJ); · Cheques devolvidos (resgate); · Empréstimos (profissionais liberais para PF e progiro para PJ); · Entrega de cartão magnético; · Estorno de transações nos canais de autoatendimento; · Identificação de lançamentos não creditados em conta;  Liquidação de empréstimos; · Pagamento de títulos de valor igual ou superior a R$ 250 mil; · Reabilitação de contas para clientes inscritos no CCF (Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos); · Renegociação de dívidas; · Resgate de aplicação financeira; · Saque de alvará judicial; Saques sem cartão magnético (avulso); · Solicitação/entrega de talonário/folhas de cheque (PJ); Solicitar novo código de segurança (contrassenha LETRAS); Sustação e cancelamento de cheques.

Para os clientes, o banco orienta o uso dos canais digitais: aplicativo Banese, internet Banking e Alô Banese 3218-2020 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 284 3218 (demais regiões). Tudo de forma rápida e segura, e sem exposição a riscos.

Fonte: Banese