Aumento do IPTU da Barra dos Coqueiros é comentado na Alese

Publicada: 14/07/2022 às 12:42

14/7/2022

Por Stephanie Macêdo/ Agência de Notícias Alese

Na Sessão Plenária desta quinta-feira (14), última do primeiro semestre para os deputados da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), o deputado Garibalde Mendonça ( PDT) utilizou o espaço de discussões em Plenário para declarar que tem recebido reclamações da população do município da Barra dos Coqueiros sobre o aumento Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2022.

O deputado afirma que recebeu documentos de IPTU relacionados ao ano passado, e em comparação a esse ano, o aumento é  notoriamente abusivo. “No Residencial Caminho do Porto, pessoas pagaram  ano passado o IPTU no valor de R$ 274, 66,  e esse ano, o valor do IPTU é de R$ 1.194 reais”, demonstrou.

O parlamentar frisou ainda que nos grandes loteamentos e condomínios, o aumento variou entre 630 a 900%. “Está uma revolta muito grande dos moradores e de pessoas com novos empreendimentos na região. Alguns condomínios que pagavam, por ano, R$176 mil, em média, hoje terá que pagar R$ 400 a 500 mil. Isso é um grande absurdo”, mencionou.

Garibalde Mendonça concluiu sua fala  pedindo a compreensão da Prefeitura da Barra dos Coqueiros, Região Metropolitana de Aracaju. “Que reveja tudo isso, que a revolta tá muito grande. O que vai acontecer? O pessoal não vai pagar, e a receita quem vai perder é a Prefeitura da Barra”, avalia.

 

Foto:SSP/Divulgação

Outras notícias para você