Por Aldaci de Souza

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Luciano Bispo (MDB) e o subsecretário-geral da Mesa Diretora da Alese, Igor Albuquerque, receberam na manhã desta segunda-feira, 4, uma comissão de representantes do Sindicato do Fisco de Sergipe (SINDIFISCO). Os auditores pediram apoio para que haja a abertura de diálogo com a categoria junto ao governador Belivaldo Chagas e ao secretário de estado da Fazenda, Marco Queiroz, quanto à unificação de carreiras, visando a melhoria no combate à sonegação fiscal.

José Antônio: “É uma questão simples de resolver”

Segundo o presidente do sindicato, José Antônio dos Santos, após nove dias em greve, retornaram às atividades e estão realizando uma Operação Padrão (paralisação gradual). Entre as reivindicações, a unificação das duas carreiras de auditores existentes no Fisco.

“Viemos pedir o apoio do presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo, para tentar resolver o impasse junto ao governo. É uma questão ao nosso ver, simples, no entanto o secretário da Fazenda não está encontrando caminhos pra resolver. A gente espera que o deputado leve a proposta para que os auditores fiscais possam dedicar o seu tempo para arrecadar e o estado tenha recursos para desenvolver suas atividades sociais, consertar as estradas e recompor os salários dos servidores públicos, ou seja, que a gente possa dedicar toda a nossa energia no combate à sonegação”, esclarece.

Fotos: Jadilson Simões