Por Assessoria da Parlamentar

O Projeto de Lei (PL) N° 324 de 21 de dezembro de 2021, de autoria da deputada estadual, Goretti Reis (PSD), foi aprovado na manhã de ontem, 21, que declara a ‘Maniçoba’ prato culinário produzido na Cidade de Lagarto, como Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado de Sergipe. O objetivo é reconhecer a importância cultural da Maniçoba, alimento típico da cidade de Lagarto.  

O patrimônio cultural brasileiro é constituído por uma rica diversidade étnica e gastronômica, sendo a cozinha um dos pilares desse alicerce. Nela se encontram sabores, texturas e cheiros que remetem às memórias coletivas e individuais da nossa multifacetada sociedade. Dentre os variados ingredientes nela utilizados, destaque para a mandioca, tubérculo conhecido como mandioca, aipim e macaxeira é totalmente aproveitável.

Nossa maniçoba é feita com a maniva, folha da mandioca que é fervida durante aproximadamente por sete dias e incorporada à alimentação da população do progressivo município de Lagarto. Uma deliciosa tradição é degustar a maniçoba nos finais de semana em momentos especiais entre parentes e amigos, que se reúnem em torno da mesa em que a iguaria é o prato principal. Reconhecer esta iguaria como Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado de Sergipe transcende ao valor econômico, valoriza a prática da gastronomia e do consumo”, ressaltou Goretti.