A Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) aprovou Moção de Apelo, proposta pela deputada estadual Maria Mendonça (PP), solicitando ao Governo de Sergipe esforços no sentido de viabilizar a instalação de uma nova indústria no município de Ribeirópolis, no agreste do Estado. Para tanto, sugeriu a parlamentar, “o Governo precisa liberar o galpão de uma antiga fábrica desativada há três anos que atualmente funciona como depósito”.

De acordo com Maria, em 2014, o município teve sua economia severamente afetada pelo fechamento de uma fábrica que gerava 500 empregos diretos. “O encerramento das atividades contribuiu não apenas para engrossar as fileiras de desempregados e com a perda da receita sobre os impostos municipais, como também para o aumento da criminalidade e do tráfico de drogas”, ressaltou a deputada estadual, explicando que “se tratava do maior gerador de empregos da região”.

Maria Mendonça lembrou que, no ano passado, o Governo anunciou que estava em processo de negociação com um grupo empresarial para instalação de uma fábrica de calçados, que a seu ver, poderia ser uma alternativa positiva, no entanto, o investimento ainda não foi concretizado. “O segmento calçadista sergipano ainda depende muito de fornecedores externos e se houver o aumento da produção local, há possibilidade de que as empresas responsáveis pela matéria prima também manifestem interesse em se instalar em Sergipe”, explicou a deputada, defendendo uma política eficiente de incentivos fiscais visando ampliar a cadeia produtiva do Estado.

EM DEFESA DO ESTADO

Consciente do seu papel na Assembleia Legislativa, a deputada Maria Mendonça também esclareceu a abrangência da atuação do seu mandato. “Enquanto parlamentar devo estar sensível às demandas de todo o Estado. Mantenho o foco em minha base eleitoral, mas também com olhos voltados para os anseios de toda a população sergipana”, argumentou, ao reforçar sua “responsabilidade com o cidadão sergipano que me confiou uma das cadeiras no Legislativo”.

 

Por Ascom Parlamentar

Foto: Jadilson Simões