Por Habacuque Villacorte (*)

A Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe registra enorme pesar pelo falecimento do artista plástico e baixista Manoel Messias do Nascimento, conhecido no meio artístico como “Pythiu”.

O artista realizou sua primeira exposição individual em Aracaju no ano de 1978, mas passou um bom tempo sem participar de eventos. Alguns especialistas avaliavam o trabalho de “Pythiu” como “surrealista transcendental”. 

Voltado para um trabalho com inspiração mística, “Pythiu” sempre foi um divulgador da arte sergipana, levando o nome do Estado para fora do País, servindo de inspiração para muitos outros artistas.

O deputado estadual Luciano Bispo, presidente da Assembleia, externa sua consternação pelo falecimento e se solidariza com familiares e amigos neste momento de dor e sofrimento.

(*) Com informações da Infonet