Por Stephanie Macêdo

Na Sessão Extraordinária Mista desta terça-feira (23), o deputado estadual Adailton Martins declarou que a luta pela permanência dos cobradores trabalhando nos ônibus que circulam na Grande Aracaju é dele também. 

Segundo expôs o parlamentar, é difícil para o motorista ter que dirigir e cobrar durante o seu turno de trabalho. “É inseguro para o usuário e para o motorista. Sozinho, o motorista ter que se atentar ao troco e ainda dirigir nesse trânsito caótico”, alertou Adailton.

O deputado apelou para a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Aracaju. “Peço a SMTT que isso não ocorra. É perigoso para a população”, preocupa-se, e continua: “Quero dizer aos motoristas e cobradores que estou junto com eles nessa luta, para que não seja retirado o cobrar do transporte público”, disse.

Os rodoviários iniciaram na manhã da última sexta-feira, 19, uma manifestação na região central de Aracaju. Uma parte dos coletivos teve os pneus esvaziados ou mesmo rasgados. Os profissionais pedem a volta dos cobradores de ônibus e pagamentos de salários e benefícios em atraso. Os cobradores foram desligados logo no início da pandemia de covid-19 entre março e abril de 2020.

Foto: Setranp Aju