A visão de Ronaldo Botelho, diretor-técnico da Fapitec

 

Com o objetivo de mapear os setores produtivos do estado para a realização do Plano de
Desenvolvimento Estadual Sustentável de Sergipe – 2020 – 2030, o cientista de dados da
Fundação D. Cabral, Bruno Paixão, e o coordenador do Plano de Desenvolvimento Estadual
Sustentável de Sergipe, Marcelo Barberino, entrevistaram Ronaldo Botelho, diretor-técnico da
Fapitec – Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica de Sergipe, que apontou,
como prioridades para os próximos dez anos no estado, o Turismo, o agronegócio e a cadeia
de gás.