A ‘Fogueira Gigante’ de Cumbe é declarada de Interesse Cultural do Estado de Sergipe

Publicada: 21/12/2022 às 15:32

Por Stephanie Macêdo/Agência de Notícias Alese

Aprovado nesta quarta-feira (20) pelos deputados da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) o Projeto de Lei de nº 291 que declara de ‘Interesse Cultural’ a Fogueira Gigante da cidade de Cumbe. A deputada estadual Maísa Mitidieri (PSD) é a autora da propositura. 

Aprovada por unanimidade, nas Comissões de Educação e Cultura, e em Plenário, o Projeto de Lei será enviado ao Governo do Estado para ser sancionado.

História

Criada nos anos 90 pelo lavrador Eliezer José dos Santos, a fogueira iniciou sem pretensão, com um formato pequeno e ao longo do tempo foi ganhando proporções inusitadas. Hoje, para ser montada, é necessário o auxílio de populares. A fogueira se transformou em um atrativo no período junino e o lavrador viu a necessidade de torná-la um evento em Cumbe.

Tudo começou em junho de 1991, quando o lavrador construiu uma fogueira em frente a sua residência, com um formato pequeno, de apenas 2 metros de altura, e que ao longo do tempo, foi ganhando proporções inusitadas. Era necessário subir em um tamborete (banco feito de madeira) para acender a fogueira. As pessoas iam passando em frente a sua residência e eram atraídas pelo tamanho da fogueira, foi ai que o senhor
Eliezer teve a ideia de todos os anos aumentar o tamanho da fogueira.
No decorrer dos anos a fogueira, que era necessário subir em um tamborete para ser acesa, agora era necessário subir em uma escada para
acender a mesma, devido o aumento no tamanho. A fogueira se transformou em um atrativo no período junino e o lavrador viu a necessidade de torná-la um evento em Cumbe.
Em junho de 2013 a fogueira alcançou o tamanho de 7 metros de altura, nesse ano devido à fragilidade na saúde de seu Eliezer, a festa passou a
ser organizada por seu filho “Ronaldo Meneses”, que atualmente ficou à frente do evento, mesmo assim, com a saúde fragilizada, seu Eliezer não abre mão de acompanhar nos bastidores a confecção de sua maior obra.
O processo de montagem da fogueira se dá em dois dias, 23 e 24 de junho, das 7 h às 18 h, com uma equipe de 20 pessoas. 0 material usado para
montagem da fogueira, vem de sua propriedade, que é retirada meses antes de junho, hoje é necessário o apoio de populares e do auxilio de uma
retroescavadeira fornecida pela prefeitura, para levar a lenha seca para o alto do andaime, onde o pessoal vai montando de pau em pau a fogueira.
A fogueira gigante de Cumbe, se tornou um dos maiores eventos do município, onde pessoas de Sergipe e de outros estados, são atraídos pela
beleza cultural que ela proporciona na noite de São Pedro. A fogueira fica exposta na praça da matriz, onde os visitantes chegam no município e as atenções são voltadas para aquele belíssimo monumento cultural. As pessoas tiram fotos e fazem em frente a fogueira. 0 dia em que se festeja são Pedro em Cumbe, é um dia recheado de atrações, mas o que mais chama atenção é a queima da Fogueira Gigante, onde toda comunidade e
visitantes se reúnem para prestigiar o evento. A noite precisamente as 19 h, a população local e de municípios diversos acompanham as apresentações de espadas e barco de fogo, como também as apresentações culturais existentes no município e vindos de outras
localidades, como: samba de coco, reisado e quadrilhas juninas.

Altura

No ano de 2018, a fogueira alcançou o tamanho de 16 metros, encerrando as festividades de São Pedro na cidade. No ano de 2022 foi enviado um Projeto de Lei de autoria do Departamento Municipal de Cultura e Turismo à Câmara de Vereadores de Cumbe, onde foi aprovado por unanimidade, e sancionada Lei Municipal de n° 400 de 19 de maio de 2022 que declara como Patrimônio Histórico, Cultural Imaterial, a ‘Festa da Fogueira Gigante’.

Sobre Cumbe

Cumbe é uma cidade de Estado do Sergipe. Os habitantes se chamam cumbenses. O município se estende por 128,6 km² e contava com 3 987 habitantes no último censo. A densidade demográfica é de 31 habitantes por km² no território do município.
Vizinho dos municípios de Graccho Cardoso, Aquidabã e Nossa Senhora das Dores,Cumbe se situa a 16 km a Norte-Leste de Nossa Senhora das Dores a maior cidade nos arredores.

 

Foto: Joel Luiz/Agência Alese