Por Assessoria Parlamentar

O deputado João Marcelo participou, nesta quinta-feira (28), de uma reunião com representantes do Movimento Polícia Unidade, e reforçou seu apoio às bandeiras de luta das categorias, em especial o pagamento do adicional de periculosidade. O grupo conta com representantes dos policiais civis, militares, bombeiros e aposentados.

“Desde o início do Movimento Polícia Unida, quando ocorreu uma reunião em nosso gabinete com seus representantes, nos posicionamos de forma favorável, pois as reivindicações apresentadas são justas. E hoje participei desta reunião para aproveitar a oportunidade de reafirmar o meu compromisso com esta luta”, afirmou João Marcelo.

Segundo o deputado, o pleito do adicional de periculosidade apresentado pelo Movimento Polícia Unida é justo e constitucional. “O povo é favorável que eles tenham esse direito. E quando falo o povo incluo o Comandante Geral, o secretário e o governador, porque eles sabem que os policiais têm direito a isso”, salientou.

O parlamentar criticou a forma como o Executivo vem tratando a reivindicação dos policiais. “O que me deixa mais chateado não são nem as justificativas apresentadas, mas as formas pejorativas e manifestações desrespeitosas, a ponto do governador dizer que os envolvidos no Movimento não tem o que fazer. São profissões como todas as outras e também precisam ser valorizadas”, enfatizou.

Para João Marcelo, que já foi gestor, o governador busca apenas uma justificativa quando fala em impacto nas finanças. “Desafio aqui que não foi feito nenhum estudo de impacto que será causado com o pagamento dos adicionais de periculosidade, porque se for feito as classes privilegiadas também não terão os reajustes dos seus salários. Ou se ele quiser ser ainda mais justo vai entender que vocês têm o direito e vai pagar este adicional”, ressaltou.

O deputado disse ainda que os parlamentares devem interceder para que o Movimento Polícia Unida se aproxime do governador do Estado e possam negociar. “Vou continuar levantando essa bandeira e lutando no sentido de aproximar o Movimento Polícia Unida do governador do Estado, inclusive buscando apoio dos demais colegas deputados. Farei o que for possível e estarei ao lado dos profissionais até onde eles desejaram”, concluiu.

Foto: Joel Luiz