No dia em que completa mais um ano de vida o deputado estadual Valmir Monteiro-PSC foi entrevistado pelo radialista Valdson Diniz, da rádio Juventude FM, de Lagarto. O deputado estadual comemorou o seu aniversário fazendo uma prestação de contas de todo o seu trabalho na Assembleia Legislativa de Sergipe, nesta 18ª legislatura.

Valmir iniciou sua fala nos microfones da emissora contando um pouco de sua historia de empresário bem sucedido no ramo de madeiras, “devo muito a Lagarto, aqui eu montei minha empresa e fui muito bem acolhido por todas as pessoas”, frisou.

Na sequência o deputado lembrou o seu inicio na área politica, em 1995, “deixei de tudo de lado para tentar ajudar as pessoas de forma mais direta, antes eu já tinha um trabalho social, porém, com um mandato na mão eu poderia ser melhor e assim fiz”, explicou.

Alese

O deputado disse que pretende usar o seu mandatode deputado estadual para fazer muito mais pelos sergipanos e, claro, por todos os lagartenses, “Tudo que fiz ainda é pouco, tudo isso é apenas o inicio, não estou satisfeito com a saúde, segurança, educação e outros serviços públicos que estão sendo oferecidos ao nosso povo, queremos um pouco mais”, disse Valmir.

Lagarto

O parlamentar foi direto ao falar da cidade de Lagarto, e citou a maneira em que algumas pessoas colocam-se a frente de emissoras de rádios, apontando um certo interesse em prejudica-lo. “Aqui existe uma mania das pessoas irem para ás rádios falar bobagens, usar coisas inexistentes contra mim, tentando jogar a população contra a minha pessoa. Acredito que tudo isso é um reflexo do meu trabalho como parlamentar, sempre a favor do povo”, desabafou.

Outro fator que o deputado disse merecer uma atenção maior, trata-se dos valores que a administração atual vem gastando com o transporte público na cidade de Lagarto, “são números altíssimos e que, fogem da realidade dos serviçosoferecidos, tudo isso precisa ser melhoresclarecido”, cobrou Valmir Monteiro.

Ao ser indagado sobre a verdadeira situação dos professores de Lagarto, esses em greve,reivindicando o cumprimento da lei nacional que dispõe sobre o pagamento do piso do magistério, Valmir Monteiro foi direto, “Os recursos que o município recebe para trabalhar a educação em Lagarto é suficiente sim para cumprir a lei e, da o reajuste aos professores, os números mostram isso claramente”, completou.

Eleições 2016

Valmir disse que existem momentos que a vontade de voltar há uma campanha para prefeito passa longe de suas ideias futuras, mas também entende que existe um desejo grande e uma cobrança maior ainda das pessoas em recuperar á auto-estima dos lagartenses. “Às vezes penso que é melhor ficar onde estou, até por tudo que já vivi, porém, sei que os lagartenses precisam recuperar a sua auto-estima, de bater no peito e dizer ‘sou lagartense’, e eu sou cobrado por isso”, esclareceu o parlamentar.

Por fim, o deputado agradeceu á todos que tiraram um tempinho para lhe desejar votos de felicidades pela passagem de seu aniversário, comemorado logo em seguida na residência de seus pais Dona Josefa e seu Zezito.

Por Ascom parlamentar Valmir Monteiro