O deputado estadual Valmir Monteiro (PSC) cobrou hoje (10) do Governo do Estado o início das obras do Hospital do Câncer. Segundo o parlamentar, chegaram os recursos através das emendas para a obra de terraplanagem. Para Valmir, não há explicação para tanto atraso e, enquanto isso, muitos sergipanos estão morrendo vítimas do câncer.

“Eu não estava presente aqui quando foi aprovado o Proinveste, mas todos nós sabemos que esse empréstimo resulta em juros. Eu consultei algumas pessoas que têm conhecimento nessa área e eles me explicaram que o Estado de Sergipe já paga cerca de R$ 3 milhões por ano de juros desse empréstimo”, comentou o deputado.

Valmir Monteiro pediu que o líder do governo, deputado Francisco Gualberto (PT), apresente esses números para a oposição até para evitar especulações. “Traga essas informações sobre os recursos que já chegaram do Proinveste e quanto foi que o Estado já pagou de juros desses recursos. Temos que aproveitar a vinda do secretário da Fazenda, Jeferson Passos, para cobrar esses dados”.

Sobre os depósitos judiciais, Valmir Monteiro disse que teriam sido sacados R$ 1978 milhões para o pagamento dos salários dos inativos. “A despesa é de R$ 70 milhões e dava para uns três meses. E tem quanto no caixa do governo?”, questionou, acrescentando que “o nosso trabalho será de pedir informações aos deputados governistas”.

“Por que o Hospital do Câncer não sai do papel? Se tem o dinheiro para a terraplanagem, por que as emendas para a obra não são alocadas? Enquanto isso morre gente todos os dias! Tivemos a triste experiência do nosso ex-governador, o saudoso Marcelo Déda (in memoriam). Agora ele teve a oportunidade e a condição de ir para um hospital de porte em São Paulo. Mas e como fica o pobre coitado?”, questionou Valmir Monteiro.

Georgeo Passos

Valmir Monteiro aproveitou para anunciar que a bancada de oposição escolheu o deputado Georgeo Passos (PTC) para assumir a vice-liderança da bancada de oposição na AL. “Georgeo é uma revelação, um deputado atuante e que pode nos ajudar muito com o seu aprofundamento sobre os projetos do Executivo e dos demais poderes”.

 

Por Ascom Parlamentar Dep. Valmir Monteiro

Foto: César de Oliveira