Nos dias primeiro, dois e três de junho, desse ano, Sergipe vai sediar a XX Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale). A organização do evento, que deve reunir cerca de 1500 pessoas em Aracaju,  começou hoje com a visita do presidente e diretor-geral da entidade,  Sandro Locutor e Germano Stevens, respectivamente, ao presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe Luciano Bispo (PMDB-SE), na manhã dessa quarta-feira, 24, em seu gabinete na Alese.

56cdff772447a-reduzirfotos-com

 

“Esse promete ser o maior encontro de legisladores dos últimos anos”, disse Luciano Bispo depois de ouvir todas as propostas apresentadas pelos representantes da Unale. Bispo disse que espera contar com o apoio do Governo do Estado e empresários, uma vez que, a conferência vai dar visibilidade ao Estado e ao trabalho do legislativo e executivo de Sergipe.

O presidente da Unale, Sandro Locutor (PPS-ES), foi taxativo ao afirmar que, no ano que a entidade completa 20 anos de atividade, eles têm um objetivo:”fazer a maior conferência da Unale com participações internacionais, a exemplo da Confederação do Parlamento das Amérias (Copa), que trará cerca de 70 parlamentares, cinco secretarias, a Rede de Mulheres e o Conselho Administrativo, além de palestrantes de renome nacional. “A Unale é uma entidade firme e punjante com um papel fundamental nas discussões de temas importantes e de interesse da população brasileira, só temos a melhorar o trabalho dos legisladores com eventos dessa magnitude”, ressaltou.


Os deputados Antonio dos Santos (PSC-SE), atual tesoureiro da Unale e Venâncio Fonseca (PP-SE), ex-presidente da Uanle, e o diretor-geral da Alese Roberto Bispo, também participaram do encontro e se somaram à comissão organizadora do evento que vai acontecer em junho no auditório da Universidade Tiradentes (Unit).

56cdff77d365b-reduzirfotos-com