Por Assessoria Parlamentar
 
Após receber reclamações de moradores de Propriá, que foram notificados pela Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) sobre a cobrança da taxa de esgoto a partir de janeiro de 2022, o deputado estadual Rodrigo Valadares voltou a criticar a empresa. 
 
De acordo com os relatos recebidos, a empresa cobrará uma taxa que chega a 80% do valor a todos os propriaenses, mesmo que não haja o serviço de esgoto em diversas regiões do município. O mesmo tem ocorrido em outras localidades do Estado de Sergipe. 
 
O deputado tem levantado a problemática na Casa Legislativa desde o início de seu mandato, mas ainda não conseguiu obter um parecer positivo. Em todos os seus argumentos, ele faz questão de ressaltar que trata-se de uma cobrança abusiva. 
 
Reiterando o seu argumento, o parlamentar declarou que a maneira que a  Deso tem agido com estas famílias carentes tem sido desonesto, principalmente em tempos pandêmicos, e que continuará lutando para que esse abuso possa cessar o quanto antes.
 
Foto: Jadilson Simões